Tamanho do texto

Segundo a assessoria, as duas contas abaixo estão disponíveis para quem quiser ajudar, uma no Banco do Brasil e outra Caixa Econômica Federal

Contas oficiais para doações após a tragédia em Brumadinho
Reprodução

A tragédia que atingiu a cidade de Brumadinho comoveu todo o País. Para captar recursos e ajudar desabrigados, vítimas e familiares atingidos pelo rompimento da barragem, a Caixa Econômica Federal (CEF) e o Banco do Brasil (BB) abriram contas para receber doações.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Brumadinho , as duas contas são as únicas oficiais e disponíveis para receber ajuda das pessoas que possam estar interessadas em ajudar o município.

Para clientes do Banco do Brasil , as doações podem ser realizadas pelos dados bancários: agência 1669-1, conta-corrente 200-3 (SOS Brumadinho), CNPJ 18.363.929/0001-40. A conta é em nome da prefeitura local. Na Caixa Ecônomia Federal , os dados são: banco: 104, agência: 2808, operação:013, conta poupança: 3-5 (juntos por Brumadinho), CNPJ: 18.363.929/0001-40.

Segundo a assessora de imprensa da prefeitura, outros tipo de doação também serão recebidos na cidade. "Nós não vamos impedir as pessoas de realizar qualquer tipo de ajuda. Mesmo que nós já tenhamos recebido um grande suporte, as doações podem ser feitas aqui na cidade", disse Christiane Alves Passos Nogueira.

Em nota a prefeitura ainda faz um alerta: "Neste momento de profunda consternação, é muito triste que ainda apareçam os oportunistas de plantão, que tentam tirar proveito da dor alheia. Para evitar este tipo de golpe, a Prefeitura abriu duas contas para receber doações em dinheiro: uma na CAIXA e outra no BANCO DO BRASIL. Estas contas estão disponíveis nos veículos oficiais, site e facebook."

As polícias militar e civil de Minas Gerais investigam pedidos de doações supostamente destinadas a vítimas do rompimento da barragem da mineradora Vale em Brumadinho. “Infelizmente, o serviço de inteligência da polícia militar, cruzando com a polícia civil, tem detectado em muitas mídias sociais aproveitadores”, informou o major Flávio Santiago.

“É sempre importante falar para a sociedade que busque a confiabilidade. Às vezes, um site parece ser verídico, mas não traz informações consistentes. É importante que as pessoas verifiquem", afirmou.

Para checar dúvidas sobre as doações visite o site oficial da prefeitura de Brumadinho e saiba todas as maneiras de ajudar as vítimas da tragédia com a barragem da Vale.