Tamanho do texto

Imagens mostram militar jogando uma barra de ferro contra um policial que tentava acalmá-lo; irritação se deu ao fato dele não ter embarcado num voo

Sargento do Corpo de Bombeiros teve surto violento no Aeroporto de Brasília depois que perdeu o seu voo
Reprodução/Facebook
Sargento do Corpo de Bombeiros teve surto violento no Aeroporto de Brasília depois que perdeu o seu voo

Um sargento do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) acabou sendo preso após protagonizar um surto violento no Aeroporto de Brasília, nesta segunda-feira (7). O episódio aconteceu depois que o militar perdeu um voo para Porto Seguro, na Bahia – o que o deixou completamente descontrolado. 

Leia também: Atrasada, mulher invade pista do Aeroporto de Guarulhos e interrompe decolagem

A cena foi registrada por um passageiro que estava no mesmo saguão do aeroporto. Nas imagens, divulgadas nas redes sociais, o sargento grita e chega a arremessar uma barra de ferro contra um policial que tentou acalmá-lo. A barra é uma das hastes utilizadas no Aeroporto de Brasília para separar os passageiros em filas de embarque. 

Após a agressão, embora o vídeo não tenha registrado, o bombeiro – identificado como Hernam Gonçalves Santos, 43 anos – teve seu surto violento interrompido por sprays de pimenta, manuseados por policiais. 

O episódio ocorreu em frente aos guichês de check-in da Latam, por volta de 11h30. Após ser detido e acalmado, o bombeiro foi liberado pelas autoridades, segundo a Polícia Militar de Brasília, sob o pagamento de uma fiança de R$ 1 mil.

Em nota, a companhia afirma que solicitou o apoio da PM no aeroporto devido ao comportamento indisciplinado de um passageiro no balcão de check-in da companhia. "Para o embarque, a Latam reforça que o passageiro de viagens nacionais no aeroporto de Brasília deve se apresentar no portão de embarque com 40 minutos de antecedência do voo, como determina a resolução 400 da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)", destaca. 

Atrasado para o voo a Porto Seguro

O episódio foi detalhado à imprensa pela Polícia Civil. Segundo eles, o sargento Santos chegou ao guichê de atendimento da Latam com a família poucos minutos após o processo de check-in do seu voo ter terminado. 

Leia também: Bombeiros encontram corpo de segunda vítima do prédio que desabou em SP

Informado sobre a necessidade de ter que remarcar o seu voo, o bombeiro se revoltou e disse que queria, sim, embarcar no avião que partia, naquele momento, para Porto Seguro . A supervisora da companhia insistiu que não seria mais possível, o que não foi bem aceito pelo bombeiro. 

O homem pegou uma barra de ferro e começou a golpear o balcão de atendimento, além de gritar descontroladamente. A família do sargento não é identificada no vídeo que está sendo compartilhado nas redes sociais.

Apesar da confusão, ninguém saiu ferido no Aeroporto de Brasília . De acordo com a PM, um processo será aberto contra o sargento na Corregedoria do Corpo de Bombeiros, devido à tentativa de agressão contra os policiais. 

Leia também: Tenente dos bombeiros diz ser improvável ter sobrevivente em escombros de prédio

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.