Oscar Maroni confirmou em entrevista exclusiva ao Portal iG que cumprirá sua promessa e distribuirá cerveja gratuita em frente a sua casa de shows Bahamas para comemorar a prisão do ex-presidente Lula.

Leia também: Manifestante é empurrado e atropelado em frente ao Instituto Lula

undefined
Ana Flávia Oliveira
Oscar Maroni cumprirá promessa de distribuir cerveja grátis

A promessa tinha sido feita nas redes sociais do empresário em dezembro de 2016. Em contato com a redação, Oscar Maroni confirmou que uma equipe já está trabalhando na produção do evento no Bahamas : "Já comprei mais de 5 mil litros de cerveja, estamos contratando uma escola de samba e um banda de pagode para fazer um grande carnaval pela prisão do Lula. Cumprirei minha promessa. Minha palavra é que nem bala, não volta atrás jamais!", afirmou.

Maroni também disse que será candidato a deputado federal pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS) nas eleições de 2018: "Aos 67 anos, eu quero mudar o Brasil. Vou me candidatar a deputado porque quero ir pra Brasília para mudar o Brasil. Sou um empresário bem sucedido e não preciso disso, mas agora eu tenho esperança de que podemos fazer mudança. O símbolo da minha candidatura será uma granada sem pino e os exemplos que eu seguirei serão o do juiz Sérgio Moro e da ministra Cármen Lúcia", adiantou.

Leia também: Bolsonaro ironiza prisão de Lula com publicação no Twitter

O empresário também fez questão de explicar uma declaração que deu na noite de ontem de que queria ver Lula morto: "está circulando um vídeo nas redes sociais de uma declaração que eu dei ontem, bêbado, dizendo que eu queria ver o Lula morto. Eu não quero o Lula morto. Quero ver o Lula apodrecendo na cadeia porque ele fez muito mal a este país", retificou.

Por fim, Oscar Maroni convocou a todos para o evento que fará em frente a sua casa de shows: "Assim que você ver o Lula preso amanhã, pode ir ao Bahamas que eu estarei lá vestido de presidiário servindo a cerveja. Nós faremos uma grande carnaval que só vai acabar quando a cerveja acabar. Já temos 5 mil litros e vamos comprar mais", encerrou.

Leia também:  Lula disse que prisão era "absurdo" e "sonho de consumo" de Sérgio Moro

    Leia tudo sobre: Lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários