undefined
REPRODUÇÃO/CLARIN.COM
Jornal argentino Clarín destacou a possibilidade de que ex-presidente Lula seja preso, além de detalhar julgamento no STF

Os principais jornais internacionais reportaram, na manhã desta quinta-feira (5), diferentes notícias sobre o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF), que rejeitou o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Leia também: "Exemplo vem de cima", diz PSDB; partidos reagem à decisão do STF sobre Lula

Com conteúdos ilustrados com fotografias de Lula , das manifestações contrárias e favoráveis a ele, e com imagens de alguns momentos do julgamento no Supremo, veículos como o The Guardian , do Reino Unido, Le Monde , da França, El País , da Espanha, Clarin , da Argentina e o Deute Weller , da Alemanha, destacaram o julgamento como “histórico”, além de darem ênfase na possibilidade do ex-presidente ser preso em breve.

Manchetes sobre Lula

A manchete do The Guardian , por exemplo, expôs que “o ex-presidente deve enfrentar a prisão, depois do resultado do Supremo, o que pode surtir forte influência negativa sobre o futuro de sua carreira política”. A reportagem desenvolvida pelo jornal britânico também deu detalhes sobre o julgamento, que durou mais de nove horas, além de traçar um panorama sobre a trajetória política do petista, exaltando o operário que chegou ao poder no Brasil.

Leia também: "Criamos um país de ricos delinquentes", diz Barroso; veja frases do julgamento

No jornal francês Le Monde , foi retratado que a decisão do Supremo Tribunal Federal representa um elemento que fragiliza a esquerda brasileira. Assim como o veículo citado anteriormente, a manchete mencionou a biografia de Lula, afirmando que o PT planeja que o ex-prefeito Fernando Haddad seja seu sucessor político.  

De acordo com o jornal, o ex-presidente e Haddad são como Lionel Messi e Luís Suarez, do Barcelona, ou seja, “tem muita afinidade em campo”. Enquanto que na reportagem feita no alemão Deutch Weller, o enfoque foi dado ao julgamento e às manifestações que ocorreram recentemente. 

Leia também: Procuradoria pede manifestação da Defesa sobre fala de Villas Bôas

No texto, o veículo informou que houve manifestações favoráveis e contrárias a Lula em vários lugares do Brasil, enfatizando as falas do general Eduardo Villas Boas, que se pronunciou a favor da rejeição do habeas corpus impetrado pela defesa do ex-presidente. O jornal argentino Clarín, por sua vez, destacou a possibilidade de que o petista seja preso, também detalhando  o que aconteceu no julgamento.

* Com informações da Agência Brasil.

    Leia tudo sobre: Lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários