Tamanho do texto

Trensurb, que administra o Metrô de Porto Alegre, alega aumento dos custos com a linha estendida até Novo Hamburgo; preço vai de R$ 1,70 para R$ 3,30

Tarifa da Trensurb aumenta de R$ 1,70 para R$ 3,30 a partir deste sábado em Porto Alegre; entenda o reajuste
Divulgação/Trensurb
Tarifa da Trensurb aumenta de R$ 1,70 para R$ 3,30 a partir deste sábado em Porto Alegre; entenda o reajuste

O governo federal autorizou a Trensurb a reajustar o valor da tarifa unitária do trem de Porto Alegre de R$ 1,70 para R$ 3,30. O aumento equivale a 94% do valor da passagem atual e começa a valer a partir deste sábado (3). 

Leia também: Piso salarial dos professores terá reajuste de 6,81% em 2018, anuncia MEC

O Metrô de Porto Alegre é operado pelo governo federal através da empresa. Apesar do aumento elevado do preço, tal inflação do valor é justificável pelo congelamento da passagem desde 2008.

Além disso, nos últimos anos, de acordo com a Trensurb, as despesas da empresa cresceram em função da expansão do sistema até Novo Hamburgo, agregando cinco novas estações e 9,3 quilômetros de linha.

Indagada sobre o aumento, a Trensurb afirmou que, mesmo com cortes de despesas, como a terceirização de atividades de manutenção e a renegociação de contratos, não foi possível evitar o repasse aos usuários do transporte público .

Leia também: Mesmo com crise econômica, procuradores aprovam reajuste salarial de 16,7%

O reajuste foi autorizado pelos ministérios das Cidades e do Planejamento, e referendado por seu Conselho de Administração. 

Aumento já solicitado em 2017

Embora o reajuste tenha ocorrido agora, a Trensurb tem solicitado, desde maio do ano passado que a tarifa aumente. Na época, a empresa enviou uma proposta de reajuste de 47% do valor para o Ministério das Cidades. Se aprovada, a proposta faria o preço da passagem ser reajustado de R$ 1,70 para R$ 2,50. 

O caso demorou a ser discutido e, por isso, o valor de reajuste sofreu uma alteração, com a nova proposta, equivalente a 94% do valor da tarifa atual.

Em 2017, a Trensurb transportou 55.056.632 usuários, o que equivale a uma média de 4.588.052 passageiros mensais. Durante o ano passado, a média de usuários transportados por dia útil foi de 185.015.

Leia também: Tarifa de ônibus, trem e metrô em São Paulo aumenta a partir de 0h deste domingo

Mesmo com o novo valor aprovado nesta quarta-feira, a tarifa segue sendo a mais baixa entre os meios de transporte metropolitanos para se transitar entre os seis municípios atendidos pela empresa: Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia, São Leopoldo e Novo Hamburgo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.