Nas redes sociais, fotos mostram pais resgatando suas crianças na saída da creche em Janaúba
REPRODUÇÃO/WHATSAPP
Nas redes sociais, fotos mostram pais resgatando suas crianças na saída da creche em Janaúba

Mais uma criança vítima do ataque a uma creche em Janaúba foi dada como morta na madrugada desta segunda-feira (9), em Minas Gerais . Mateus Felipe Rocha Santos, de 5 anos, morreu em um hospital de Belo Horizonte, após não resistir aos ferimentos causados pela tragédia.

Com isso, sobe para 11 o número de mortos na escolinha Gente Inocente, creche em Janaúba , que foi palco de um incêndio criminoso na última quinta-feira (5) . Ao todo, nove crianças morreram, além do autor do ataque e de uma professora.

Helley Abreu Batista, de 43 anos, morreu enquanto ajudava no resgate das crianças que sobreviveram à tragédia. A professora recebeu, por seu ato de heroísmo, a Ordem Nacional do Mérito neste domingo. A decisão foi tomada pessoalmente pelo presidente Michel Temer .

Em nota, a Presidência da República informou que a honraria é concedida a pessoas que deram exemplos de dedicação ao País e que o ato de Helley deve ser louvado.

Altas hospitalares

Duas das crianças que sobreviveram ao ataque receberam alta médica nesse domingo (8) – Ludmila Cristine Ferreira Silva, de 6 anos, e Arthur Gabriel Soares, 4 anos. Eles estavam internados em hospitais de Montes Claros.

Leia também: Temer concede honraria a professora que morreu em ato heroico em Janaúba

Ainda há 24 vítimas internadas em hospitais de Janaúba , Montes Claros e Belo Horizonte.

Você viu?

No sábado (7), todas as 18 crianças vítimas do incêndio, que estavam no Hospital Fundajan, em Janaúba, receberam alta hospitalar. Deste grupo, 16 estavam internadas e duas em observação. 

Incêndio criminoso  

Segundo autoridades policiais e a prefeitura do município mineiro, o incêndio da última quinta-feira foi provocado por um segurança da creche.

Damião Soares dos Santos estava sofrendo de um problema de saúde – de acordo com a polícia, ele sofria de depressão – e estava afastado do cargo. Ele foi à escolinha de manhã para entregar um atestado médico.

Dentro da creche, o vigia escolar jogou gasolina no corpo e em algumas crianças, depois ateou fogo. Ele saiu vivo da creche Gente Inocente , com 90% do corpo queimado, mas morreu no hospital três horas depois do ataque. 

Leia também: Oitava criança vítima de tragédia em creche é enterrada em Janaúba

Além dos onze mortos , cerca de 40 pessoas ficaram feridas na tragédia na creche em Janaúba. 

* Com informações da Agência Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários