A Rocinha teve mais um dia tenso neste sábado (23). Na madrugada de hoje um novo tiroteio entre traficantes e agentes militares assustou moradores. Segundo informações pela Assessoria de Comunicação Social do Estado- Maior, suspeitos armados tentaram furar o bloqueio das Forças Armadas na Rua General Olímpio Mourão Filho por volta das 4:30 da manhã.

Leia também: Exército captura quatro e apreende fuzil AK47 após novo tiroteio na Rocinha



No início da tarde, quando autoridades de segurança concediam entrevista coletiva no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Rocinha , um novo confronto começou, porém sem registros de apreensões, mortos ou feridos.

Em balanço prévio, os agentes de segurança informaram ter apreendido 16 fuzis, 12 granadas e duas pistolas, armamento esse concentrado na mão de traficantes que disputam o morro. Mais de cinco suspeitos foram presos e segundo o delegado titular Antonio Ricardo do 11ª Distrito Policial que fica na comunidade, foram expedidos 29 mandados de prisão, sendo 18 na madrugada deste sábado. Dos 18, quatro teriam sido cumpridos.

A comunidade está ocupada pela Polícia Militar e por agentes das Forças Armadas desde a última sexta-feira (22), após uma disputa entre facções rivais pela venda de drogas no local teve início.

Você viu?

Guerra

Traficante Rogério 157 conseguiu retorno  à Rocinha neste sábado (23)
Reprodução O Dia
Traficante Rogério 157 conseguiu retorno à Rocinha neste sábado (23)


A disputa entre duas facções, que disputam o poder na comunidade que um dia já foi pacificada, dura quase uma semana. Um dos responsáveis por essa guerra na favela que fica na Zona Sul do Rio de Janeiro é o traficante foragido Rogério Avelino, mais conhecido como Rogério 157 . Ele chegou a fugir da favela quando o confronto começou, porém decidiu voltar para manter seu poder no tráfico de drogas do local.

Leia também: Lindbergh Farias será investigado por suspeita de corrupção passiva

Na madrugada deste sábado (23) Rogério 157 e outros traficantes renderam um taxista em uma rua do Jardim Botânico, na Zona Sul, e o obrigaram a dirigir em direção a Rocinha.  No entanto, na entrada do Túnel Rafael Mascarenhas, os criminosos atacaram uma viatura da Polícia Militar, que iniciou perseguição ao veículo.

Quando estavam próximos ao Túnel Zuzu Angel houve nova troca de tiros com a guarnição do Exército, segundo depoimento do taxista que escapou ileso do tiroteio. Os criminosos conseguiram escapar da polícia e entraram na mata, que dá acesso à comunidade. 

No começo da noite o delegado Antônio Ricardo, titular da 11ª Departamento Policial que fica na Rocinha, confirmou que Rogério 157 conseguiu retornar ao morro. Para tentar prender o traficante, a polícia do Rio de Janeiro chegou a oferer uma recompensa no valor de R$ 30 mil por informaões que os levem ao criminoso. Porém, com a crescente tensão no local OPortal dos Procurados do Disque Denúncia aumentou para R$ 50 mil a recompensa por informações que levem à prisão do traficante Rogério Avelino da Silva. 

Leia também: Terremoto de magnitude 3 atingiu o nordeste da Coreia do Norte neste sábado

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários