Tamanho do texto

Criminosos detonaram explosivo durante patrulha de equipe da UPP da Providência; policiais foram encaminhados ao hospital e um segue internado

Além de ataque no centro do Rio de Janeiro, Polícia Militar também apreendeu granada na Cidade Alta
Divulgação/PMERJ
Além de ataque no centro do Rio de Janeiro, Polícia Militar também apreendeu granada na Cidade Alta

Quatro policiais militares ficaram feridos durante ataque de criminosos na madrugada desta terça-feira (13) no centro do Rio de Janeiro. Os agentes atuam na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Providência e foram atingidos por estilhaços de uma granada lançada no local em que eles estavam, na Praça Américo Brum.

Leia também: Tiroteio em estação de trem deixa ao menos quatro feridos na Alemanha

Os quatro foram encaminhados para o Hospital Central da Polícia Militar, que fica no Estácio, próximo ao Morro da Providência. Apenas um policial ferido pelos estilhaços da granada continua internado para a realização de novos exames, segundo o comando das UPPs.

De acordo com a UPP, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) reforçou o policiamento da comunidade, após o ataque.

Leia também: Carro capota e atinge ônibus em acidente impressionante no Japão; veja o vídeo

Apreensões e outra granada

Na manhã desta terça-feira, policiais de outras UPPs foram deslocados para a Providência para ajudar no policiamento.

Ainda durante a madrugada, três criminosos foram presos e um fuzil foi apreendido pelo 7º Batalhão da Polícia Militar, no Jardim Catarina, em São Gonçalo.

No bairro da Pavuna, oficiais de Ações Táticas do Batalhão de Choque da PM foram acionados nesta manhã para estourar um cativeiro onde um homem estava sendo mantido como refém, na rua Palas. De acordo com a corporação, quatro pessoas foram presas e uma arma, apreendida durante a operação. O grupo tentava extorquir a família da vítima, que não teve a identidade revelada.

Na zona norte do Rio, policiais do 16º Batalhão da PM apreenderam na manhã desta quinta-feira outra granada e um rádio transmissor, na rua Engenheiro Hernandes Mendes. A apreensão ocorreu na Cidade Alta, local onde nove policiais militares foram acusados de receber propina durante operação no início do mês passado. O grupo foi denunciado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro nesta segunda-feira.

Leia também: Esquema de ex-governador de Madri é alvo de operação da PF em dois estados

*Com informações e reportagem da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.