Tamanho do texto

Espécie de maconha muito mais potente, a carga seria levada para o Rio de Janeiro por dois homens que foram abordados na região central de São Paulo

Sempre ligados e muito rápidos, os Policiais das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (ROCAM) são um dos meios mais eficazes do combate ao crime na cidade de São Paulo, onde o trânsito do dia-a-dia deixa tudo muito mais complicado. 

Leia também: Um dia na vida de um Policial de ROTA

Rocam apreende 18 tijolos de skank em São Paulo
Rocam
Rocam apreende 18 tijolos de skank em São Paulo

No final da tarde dessa quarta-feira (9), uma equipe da  Rocam composta pelo Sargento Guadacholi, Cabo Mendes, Cabo Cícero e Cabo Macedo voltava de um patrulhamento de rotina em Santo André, cidade do ABC Paulista, quando recebeu um chamado através do rádio. De acordo com a central, um taxi na região estava com indivíduos em atitude suspeita.

"Os Policiais ouviram o chamado e como estavam por perto, já voltando para o Batalhão, resolveram ir no apoio. Contando com a agilidade das motos, eles conseguiram fazer a abordagem ali perto do Mercadão de São Paulo", afirmou o Tenente Vinicius.

Segundo o Tenente, logo que foi iniciada a abordagem dos dois passageiros, eles falaram que estavam com drogas na mala do carro. "Os suspeitos até tentaram disfarçar o cheiro da maconha com café, mas não tinha como. No total, eles estavam com 18 tijolos de skank (um tipo mais refinado) que iriam levar para o Rio de Janeiro. O taxista entrou na história sem saber de nada e iria deixar a dupla na Rodoviária do Tietê", disse o Tenente.

O skank é conhecida como a maconha dos ricos, 1 grama da droga pode custar até R$ 50. O perito do Instituto de Criminalística de São Paulo afirmou que esse tipo de entorpecente chega a ser de 07 a 15 vezes mais potente do que a maconha propriamente dita. Segundo o perito, essa droga é muito rara no Brasil e essa é a maior apreensão que ele tem notícias no Estado. A carga de aproximadamente 18 quilos está avaliada em R$ 900 mil.

Os suspeitaram iriam receber R$ 5 mil para fazer o transporte da droga. Com eles também foi apreendido mil reais. Um dos traficantes é um ex-militar, paraquedista do Exército, que tinha dado baixa no ano passado. Os dois homens foram levados para o 8º Distrito Policial e vão responder por tráfico de drogas.  

Leia também: 48 anos, avó e policial, a vida de uma mulher do Batalhão de Choque

A Rocam

Criada em 1982 com o objetivo de dar maior agilidade ao combate ao crime de roubo de veículos e pedestres no intenso trânsito de São Paulo, a Rocam ficou conhecida pela sua eficiência e agilidade no cumprimento de suas missões. O Batalhão de Choque iniciou o ano de 2017 com a aquisição das modernas motocicletas Triumph Tiger 800XCx.

Leia também: Sem descanso para o crime: Rocam encurrala bandidos em quatro ocorrências

Após vencer a licitação pública para fornecimento de motocicletas acima de 600cc, a tradicional montadora inglesa já entregou o primeiro lote de 86 Tiger 800 XCx que já estão patrulhando as ruas de São Paulo e combatendo a criminalidade. Além da venda, o programa da Triumph inclui um programa de pós-venda e treinamento especializado em pilotagem para os Policiais.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.