Tamanho do texto

Operação Poço Seco também tem relação com a Blackout – que prendeu Jorge Luz e Bruno Luz; dessa vez, é a filha de Jorge, Fernanda, um dos alvos

PF cumpre mandados de busca e apreensão, de prisão preventiva, de temporária e de condução coercitiva na Lava Jato
Marcelo Camargo/ Agência Brasil - 05.09.2016
PF cumpre mandados de busca e apreensão, de prisão preventiva, de temporária e de condução coercitiva na Lava Jato

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (26), a 41ª fase da Operação Lava Jato, chamada de Poço Seco, que tem como alvo operações financeiras feitas a partir da aquisição pela Petrobras de direitos de exploração de petróleo no Benin, país da região ocidental da África.

Leia também: Romero Jucá será investigado pelo Supremo por corrupção e peculato

De acordo com as investigações dessa fase da Lava Jato , as operações financeiras tinham como objetivo disponibilizar recursos para o pagamento de vantagens indevidas ao ex-gerente da área de negócios internacionais da empresa.

Um ex-gerente da Petrobras e um ex-banqueiro foram presos na manhã desta sexta. Os dois são suspeitos de corrupção na compra de um campo seco de petróleo em Benin e teriam recebido US$ 5,5 milhões em propina. O dinheiro foi pago pela empresa Companie Beninoise des Hydrocarbures SARL (CBH), que vendeu o campo à estatal brasileira.

Além de um mandado de prisão temporária contra o ex-banqueiro e outro, de prisão preventiva, contra o ex-gerente da Petrobras, os agentes também fazem buscas em cinco endereços. Três pessoas já foram conduzidas coercitivamente para depor. Dois mandados de busca estão sendo cumpridos em São Paulo e um em Brasília.

Os dois detidos e outras cinco pessoas, relacionadas a cinco contas mantidas na Suíça e nos Estados Unidos, são suspeitos de terem recebido pagamentos ilícitos, entre 2011 e 2014, que totalizaram mais de U$ 7 milhões.

Poço Seco e Blackout

A Poço Seco tem relação com os lobistas ligados ao PMDB Jorge Luz e Bruno Luz, pai e filho que operavam para o partido dentro da Petrobras, e que já foram presos.

Ambos estão detidos no Complexo Médico-Penal, em  Curitiba . Eles foram presos durante a 38ª fase da Lava Jato, batizada de Blackout , em referência ao sobrenome dos envolvidos.

Nessa sexta-feira, Fernanda Luz, filha de Jorge Luz, e o empresário Álvaro Gualberto Teixeira de Mello são alvos de condução coercitiva. Fernanda não foi encontrada em casa pela manhã e Álvaro foi levado pelos agentes para a sede da PF por volta das 8h.

Os investigados responderão pela prática dos crimes de corrupção, fraude em licitações, evasão de divisas, lavagem de dinheiro dentre outros.

O nome da operação, Poço Seco, é uma referência aos resultados negativos do investimento realizado pela Petrobras na aquisição de direitos de exploração de poços de petróleo no Benin.

Os fatos começaram a ser investigados em agosto de 2015, a partir da cooperação internacional com a Lava Jato e o Ministério Público da Suíça. Segundo o MPF, os documentos enviados pelo país europeu comprovaram o pagamento de subornos de cerca de R$ 36 milhões, para concretizar a aquisição, pela Petrobras, do campo de petróleo em Benin, por US$ 34,5 milhões.

Leia também: Fachin manda PF ouvir Jucá, Sarney e Renan sobre suposto "acordo nacional"

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.