Paraíso do litoral norte de São Paulo, dona de praias paradisíacas, de belas cachoeiras, de matas virgens e de problemas que qualquer outra cidade pode ter, Ilhabela foi cenário de imagens tristes na tarde desta terça-feira. A Polícia Militar Ambiental de São Paulo encontrou uma área com devastação de mata atlântica.

Leia também: Polícia Militar Ambiental dá exemplo de honestidade em São P aulo

undefined
Polícia Militar Ambiental/Divulgação
Coronel PM Sardilli, Comandante da Polícia Militar Ambiental de São Paulo na frente de algumas das máquinas apreendidas durante as operações realizadas em Ilhabela e Peruíbe

Equipes da Polícia Militar Ambiental receberam denúncias de que existia uma obra da prefeitura sendo realizada sem as devidas licenças exigidas pelos orgãos reguladores. De acordo com o Major Jeferson, em virtude da falta do devido licenciamento ambiental, a prefeitura já tinha sido alvo de autuações e embargos feitos pela CETESB que proibiam a continuidade do serviço.

Ao chegar no local da obra, os PMs foram informados pelos responsáveis pela operação que a situação era emergencial e que respeitavam uma manifestação da defesa civil municipal de Ilhabela. "Eles dizem que são obras de contenções, pegam uma autorização com a própria prefeitura e começam a trabalhar. Eles sabem o caminho que deve ser feito, mas não respeitam. Os orgãos ambientais devem ser consultados e respeitados", pontuou o Major Jeferson da PM Ambiental.

Leia também: Polícia Militar Ambiental atua para afastar balões de aeroportos em São Paulo

Sem dar espaço para justificativas vazias, o Policiamento Ambiental realizou quatro Autos de Infração Ambiental, tanto na prefeitura quanto na empresa contratada para a realização das obras, por dificultar e impedir a regeneração natural de vegetação em uma área de Preservação Permanente de aproximadamente 12.400m2 com nascente e curso d'água, além de um Auto por desrespeito a embargo. As multas têm valor total de R$ 82.000,00.

Leia também: Polícia Militar Ambiental faz Operação Lixão Zero para proteger o meio ambiente

A equipe da PM também fez a apreensão de um trator e três caminhões no local. As máquinas foram encaminhadas para o Horto Florestal de São Paulo, onde ficarão guardadas.  O Major Jeferson fez questão de frisar que a Polícia Militar Ambiental orienta as pessoas a acionarem os orgãos reguladores antes de iniciar qualquer obra que possa afetar o meio ambiente e que a polícia possiblita um canal aberto com toda população para esclarecer qualquer tipo de dúvida. 




    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários