Tamanho do texto

Horário especial vale para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil e visa a economia de energia elétrica no horário de pico, entre 18h e 21h

Quando os relógios baterem 00h de domingo, deverão ser atrasados em uma hora, voltando para as 23h de sábado
Shutterstock
Quando os relógios baterem 00h de domingo, deverão ser atrasados em uma hora, voltando para as 23h de sábado

Os amantes do horário de verão terão de aproveitar muito bem o dia de hoje porque a época tão querida (para alguns) chega ao fim na noite deste sábado (18). Quando os relógios baterem 00h de domingo, deverão ser atrasados em uma hora, voltando para as 23h de sábado.

LEIA MAIS: Como não deixar o fim do horário de verão acabar com sua dieta e rotina

O horário especial vale para as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do País. A medida visa a economia de energia elétrica no horário de pico, entre 18h e 21h. "O verão é o período que naturalmente demora a anoitecer, o dia é maior. Ou seja, com o horário de verão , é possível aproveitar a luz natural para gerar um melhor aproveitamento da energia", explicou o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia, Fábio Alves.

O governo, entretanto, ainda não divulgou qual foi a economia de energia com a medida neste ano, mas a previsão inicial era de que resultasse em uma economia de R$ 147,5 milhões, por causa da redução do uso de energia de termelétricas.

LEIA MAIS: Confira os bloquinhos de rua mais inovadores do carnaval de São Paulo

Desde 1931

Sem meio termo: pessoas amam o horário de verão e sair do trabalho com a sensação de ser cedo ou odeiam a medida
Shutterstock
Sem meio termo: pessoas amam o horário de verão e sair do trabalho com a sensação de ser cedo ou odeiam a medida

Terror para aqueles que odeiam perder uma horinha de sono quando a medida tem início, o horário de verão foi adotado no Brasil em 1931. A mudança começa sempre no terceiro domingo do mês de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro do ano seguinte. A exceção é quando o terceiro domingo de fevereiro coincide com o domingo de carnaval – neste caso, ele se encerra no domingo seguinte.

A medida só é aplicada nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, porque nesses estados o consumo de energia é maior e é onde os melhores resultados são alcançados. Segundo o Ministério de Minas e Energia, a aplicação no Norte e no Nordeste teria poucos benefícios em termos de economia de energia, por causa da proximidade da Linha do Equador, o que faz com que a duração dos dias nessas regiões não tenha mudanças significativas ao longo do ano.

LEIA MAIS: Sorteio da Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 5 milhões neste sábado

Países como os Estados Unidos também fazem mudanças no horário convencional para aproveitar a luminosidade do verão, especialmente aqueles com maior geração termelétrica. No caso do país norte-americano, é adotado o Daylight Saving Time, geralmente entre março e novembro.

*Com informações da Agência Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.