Tamanho do texto

Segundo o médico responsável pela internação de Marisa Letícia, Roberto Kalil Filho, o quadro é considerado gravíssimo e "praticamente irreversível"

Marisa Letícia tem piora em seu quadro clínico
Arquivo/Agência Brasil
Marisa Letícia tem piora em seu quadro clínico


A ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, que está internada no Hospital Sírio-Libanês, teve uma piora em seu estado de saúde durante a quarta-feira (1). De acordo com o médico responsável pela internação, o cardiologista Roberto Kalil Filho, o quadro é gravíssimo e irreversível. O médico ainda afirmou que Marisa tem fluxo sanguíneo cerebral mínimo e respira com a ajuda de aparelhos.

LEIA TAMBÉM: Marisa Letícia tem melhora no quadro clínico, informa boletim médico

Marisa Letícia  está sedada desde a quarta-feira. Na terça-feira (31), a ex-primeira-dada havia tido uma melhora, o que fez com que os médicos tirassem os sedativos que a deixavam em coma induzido. No entanto, Marisa não teria reagido muito bem e tornou, então, a ser sedada. Também na terça, em um dos boletins médicos, foi informado que foi "detectada a presença de trombose venosa profunda dos membros inferiores".

Segundo a reportagem do canal Globo News, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva acompanha a ex-primeira-dama na UTI do hospital, assim como os filhos do casal a amigos próximos, que se revezam entre si. 

LEIA TAMBÉM:  Mulher de Lula, Marisa Letícia sofre AVC e é internada em hospital de São Paulo

Desde o dia 24 de janeiro, quando  sofreu um AVC (Acidente Vascular Cerebral) hemorrágico, Marisa Letícia permanece internada em estado grave no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

    Leia tudo sobre: Lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.