CPI da Covid irá ouvir nesta quinta-feira (02) o suposto lobista da Precisa Medicamentos, Marconny Albernaz Faria
Jefferson Rudy/Agência Senado
CPI da Covid irá ouvir nesta quinta-feira (02) o suposto lobista da Precisa Medicamentos, Marconny Albernaz Faria

CPI da Covid irá ouvir nesta quinta-feira (02) o suposto lobista da Precisa Medicamentos, Marconny Albernaz Faria. O rapaz havia conseguido um atestado médio que lhe concedia o direito de não permanecer à oitiva pelos próximos 20 dias. O período coincide com a provável entrega do relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL), porém os parlamentares conseguiram 'cancelar' a orientação médica. As informações são do portal Uol.

Marconny encontrava-se com uma dor pélvica e, por isso, havia sido internado no Hospital Sírio-Libanês. Após receber alta médica, o rapaz havia conseguido um atestado que lhe permitia permanecer afastado por um longo período. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) informou que o médico responsável pelo parecer havia entrado em contato com o parlamentar para dizer que notou uma "simulação por parte do paciente" e que "cancelaria" o documento.

A empresa em questão, a Precisa Medicamentos, está no foco dos trabalhos da comissoão. Isso porque ela teria sido uma intermediária nas negociações que envolviam o Ministério da Saúde e a aquisição das vacinas indianas contra a Covid-19, Covaxin.

A contratação do serviço, no valor de R$ 1,6 bilhão, chegou a ser empenhado pelo órgão federal - quando o recurso é reservado para pagamento. O acordo, no entanto, foi suspenso após uma série de denúncia dos irmãos Miranda que alegaram haver irregularidades e possíveis indícios de corrupção na compra dos imunizantes.


A comissão parlamentar de inquérito revelou ainda, na última quinta-feira (26), que o Ministério da Saúde tentou beneficiar a Precisa Medicamentos durante o processo de aquisição de testes rápidos para detecção do novo coronavírus. Marconny - depoente da oitiva desta quinta - estaria envolvido no esquema.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários