Floresta em chamas
Sérgio Vale/Amazônia Real/Fotos Públicas
Floresta em chamas

A Assembleia Geral das Nações Unidas declarou nesta quinta-feira (28) que todas os cidadãos do planeta têm direito a viver um meio ambiente saudável. Esse um passo pequeno, porém importante para combater e reduzir os impáctos ambientais causados pelo homem. 

A resolução aprovada na sede da ONU em Nova Iorque sustenta que as mudanças climáticas e a degradação ambiental são as ameaças mais urgentes ao futuro da humanidade e que as nações devem intensificar seus esforços para garantir a papulação tenha acesso a um "meio ambiente limpo, saudável e sustentável".

A resolução não é juridicamente vinculativa para os 193 estados membros da ONU, mas os defensores estão esperançosos de que ela terá efeito de gotejamento, levando os países a consolidar o direito a um meio ambiente saudável nas constituições nacionais e tratados regionais, e encorajando os Estados a implementar essas leis.

"Esta resolução transmite a mensagem de que ninguém pode tirar de nós a natureza ou o ar e água limpos, nem nos privar de um clima estável. Ao menos, não sem lutar por eles",disse Inger Andersen, Diretora Executiva do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários