Rayane dos Santos Oliveira com Flordelis
Reprodução/O Globo 12.4.2022
Rayane dos Santos Oliveira com Flordelis

A Justiça do Rio de Janeiro publicou hoje (3), o adiamento do julgamento da ex-deputada Flordelis, previamente marcado para a próxima segunda-feira (6), transferindo a audiência para o dia 12 de dezembro. A ex-deputada é acusada de participar no assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

A defesa de Flordelis entrou com pedido de adiamento com o argumento de  existência de laudos que ainda não terem sido juntados ao processo, sendo eles então, imprescindíveis o trabalho dos advogados dos acusados. Além disso, a petição alega não ter tempo hábil na análise de outros novos laudos anexados ao processo. 

A juíza Nearis Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, havia orientado os advogados de defesa a comparecer ao cartório para obter cópias dos documentos na quinta-feira (2), mas os advogados não foram. 

"Mister [necessário] salientar que o conteúdo dos laudos que sequer foram elaborados, por óbvio, não foi acessado pelo representante do MP [Ministério Público] ou pela assistência da acusação, assim como deve ser consignado que os patronos das acusadas, apesar de cientificados [informados] pessoalmente por esta magistrada e orientados, a pedido desta, a comparecerem em cartório na data de ontem para obtenção das cópias correspondentes aos últimos laudos acostados ao processo em atenção a requerimento das próprias acusadas, deixaram esta serventia sem fazê-lo" , disse a juíza.

Mesmo assim, a corte acolheu o pedido e adiou o tribunal do júri para o fim do ano, garantindo "princípios do contraditório e da ampla defesa". Os julgamentos de Marzy Teixeira da Silva, filha de Flordelis, e de Rayane dos Santos Oliveira, neta da ex-deputada, também foram adiados.

*Com informações da Agência Brasil


Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários