Prefeitura de São Paulo
Joao Batista Shimoto/Creative Commons
Prefeitura de São Paulo

Estarão abertas as inscrições para o processo seletivo dos programas de Residência Jurídica e de Residência em Gestão Pública da Prefeitura de São Paulo, que oferecem total de 250 vagas para pessoas com nível superior completo. As inscrições ficarão abertas até o dia 14 de março e poderão ser feitas pelo site: www.institutomais.org.br.

A residência, que é uma iniciativa inédita e inovadora na Prefeitura de São Paulo, tem objetivo de estimular a formação, a qualificação e a atuação profissional voltadas à administração pública e o aprimoramento, na prática, do conhecimento adquirido na graduação.

Para a Residência Jurídica são 150 vagas para bacharéis em Direito com carga horária de 30 horas semanais e bolsa mensal de R$ 2.475. Para a Residência em Gestão são 100 vagas para formados em curso superior de qualquer área com carga horária de 40 horas semanais e bolsa mensal de R$ 3.300. Os residentes poderão receber também auxílio-refeição e auxílio-transporte. A administração municipal aumentou de 5% para 10% a cota para pessoas com deficiência e de 20% para 30% a cota para negros, negras e afrodescendentes.

"O Programa de Residência em Gestão é uma mistura de três tipos de programas bem conhecidos: os tradicionais programas de residência (como na área médica), que dão continuidade ao aprendizado da graduação por meio do treinamento em serviço sob a supervisão de profissionais experientes; os programas de trainee das empresas, focados em recrutar e engajar talentos para as organizações; e os programas de MBA, como se fosse uma pós-graduação com conteúdos práticos sobre gestão. No final do período, inclusive, o residente deve entregar uma monografia ou projeto de intervenção", explica Fabricio Cobra Arbex, secretário executivo de Gestão.

"Na área jurídica, programas de residência têm emergido nas últimas décadas em diversas unidades da federação e sua legalidade foi reconhecida pelo plenário do Supremo Tribunal Federal este ano. Já programas de residência em gestão pública são raros e incipientes, por isso, o programa criado pela Prefeitura de São Paulo é pioneiro e tem o desafio de ser o primeiro programa instituído em Lei no país", afirma Fabricio.

Leia Também

No Programa de Residência Jurídica, voltada aos bacharéis em direito, os residentes irão atuar diretamente com procuradores municipais que serão responsáveis pela orientação e supervisão dos trabalhos.

No caso do Programa de Residência em Gestão Pública, os candidatos exercerão atividades de apoio em projetos estratégicos e receberão orientações da Secretaria Executiva de Gestão. “Nosso desafio como órgão de gestão de pessoas é transformar a cultura organizacional do setor público, estimulando a diversidade, a experimentação e a inovação”, opina Marcia Regina Moralez, coordenadora da COGEP (Coordenadoria de Gestão de Pessoas), da Secretaria Executiva de Gestão.
As provas acontecem no dia 27 de março de 2022. O valor da taxa de inscrição é de R$ 51. No entanto, os candidatos com renda familiar igual ou inferior ao salário-mínimo do Estado de São Paulo ou que comprovem, por meio de declaração, que não possuem condições de arcar com o valor da inscrição, poderão solicitar a isenção até o dia 24 de fevereiro.

Mais informações sobre o Processo Seletivo acesse o site www.institutomais.org.br. Em caso de dúvidas entrar em contato com Serviço de Atendimento ao Candidato (SAC) do Instituto Mais pelo telefone (11) 2659-5746, das 10h às 12h e das 13h30 às 16h30, exceto aos sábados, domingos e feriados, ou enviar mensagem para [email protected]

Demais informações sobre os programas de Residência Jurídica e de Gestão Pública acesse o site http://programaderesidencia.prefeitura.sp.gov.br

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários