Yedo Simões, desembargador do TJ-AM
Reprodução/ Folha de S. Paulo
Yedo Simões, desembargador do TJ-AM


O desembargador Yedo Simões, do Tribunal de Justiça do Amazonas(TJ-AM), decidiu gravar um vídeo para explicar porque usa uma  biblioteca falsa em sua residência. A estrutura foi descoberta durante uma sessão virtual da Corte na quarta-feira (2).


O trecho que viralizou mostra Simões sentado em uma cadeira no momento que ele encosta no painel, que despenca. Foi o suficiente para o magistrado virar piada nas redes sociais.


Então, nesta sexta (4), ele explicou. "Os livros são minha vida. Eu devo tudo aos livros, eles fazem parte da minha vida e de uma forma assim importantíssima porque foram eles que me trouxeram ao patamar em que cheguei. Então, eu sempre usei esse meu conhecimento justamente para servir a humanidade", exaltou a si próprio em vídeo publicado hoje.

Leia Também


O magistrado gravou o novo vídeo dentro de uma biblioteca verdadeira e ao lado do cenário falso que utilizou como plano de fundo para a videoconferência da reunião de Câmaras. Ele argumentou que optou pela estrutura falsa para preservar sua intimidade.


"Apenas um painel. Como eu não poderia colocar toda minha biblioteca atrás de onde eu trabalho eu coloco um painel para não exibir outras coisas que tenho na minha casa", justificou, conforme reproduzido pela Folha de S. Paulo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários