De acordo com as autoridades da Ucrânia, todas as pessoas a até 10 km de distância da base receberam ordem de evacuação
Reprodução/Twitter
De acordo com as autoridades da Ucrânia, todas as pessoas a até 10 km de distância da base receberam ordem de evacuação

Após um mês de manobras no sul da Rússia, próximo da fronteira com a Ucrânia, mais de 10 mil soldados russos voltaram às suas bases. Em nota oficial, o Ministério da Defesa disse que os exercícios de "treinamento de combate" ocorreram em vários campos militares próximos à Ucrânia: nas regiões russas que incluem as cidades de Volgogrado, Rostov, Krasnodar e na península anexa da Crimeia.

Ainda de acordo com a nota, "para garantir um alto estado de alerta durante as festas nas bases militares do distrito militar do sul, unidades de guarda, reforços e forças serão designados para lidar com possíveis situações de emergência".

Por mais de um mês, o Ocidente acusou a Rússia de reunir dezenas de milhares de soldados perto da fronteira com a Ucrânia, com vistas a uma possível agressão militar contra Kiev, mas isso é negado por Moscou. A tensão entre Rússia e Ucrânia se acentuou a partir de 2014 por causa por disputa de território na região da Crimeia.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários