Holanda
Pixabay/Creative Commons
Holanda

O Reino Unido não descartou neste domingo a chance de novas restrições no combate à Covid-19 antes do Natal, em meio à disseminação rápida da variante Ômicron e as preocupações sobre a capacidade dos hospitais em lidar com a situação.

Em entrevista, o ministro da Saúde do Reino Unido, Sajid Javid, falou sobre a possibilidade de novas medidas serem tomadas em breve. “Estamos avaliando a situação, está se movendo (Ômicron) muito rápido. Não há garantias para esta pandemia. Neste ponto, só temos que manter tudo sob revisão", afirmou.

Javid afirmou ainda que o governo está levando a sério o conselho de seus cientistas e está observando os dados “quase de hora em hora”.

Enquanto isso, a Holanda iniciou nesse domingo um novo lockdown para tentar conter a alta de casos. Segundo o primeiro-ministro holandês Mark Rutte, a restrição deve durar pelo menos até 14 de janeiro.

Todo o comércio não essencial, bares, restaurantes e outros locais públicos devem permanecer fechados. As escolas também não vão ter aulas presenciais a partir de segunda-feira. Somente sábado (18), a Holanda teve 14.616 novos casos de covid-19.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários