Tininha Mattos
Reprodução/ Instagram
Tininha Mattos


A blogueira e empresária Maria Cristina Fontes de Mattos, conhecida como Tininha Mattos, terá que prestar depoimento à polícia após ter falado em esfaquear o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) . Como determinado pelo Ministério Público, a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) a convocou para depor na próxima sexta-feira (10).


A declaração que trouxe problemas a Tininha foi dada no início de março, oito meses atrás. Na ocasião, com 41 mil seguidores no Instagram, ela viralizou ao postar que havia perdido a oportunidade de "esfaquear" o terceiro filho do presidente Jair Bolsonaro (PL) e o próprio. Com isso, Eduardo apontou que ela cometeu crime contra a segurança nacional.



Segundo o portal Metrópoles, o MP informou que o deputado apresentou uma queixa-crime contra Tininha na 29ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça. O órgão informa que “o procedimento foi então remetido à DRCI para que a delegacia adote as providências cabíveis para instauração de inquérito a fim de apurar os fatos e ouvir os envolvidos”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários