Bolsonaro
Divulgação
Bolsonaro

A viagem de Jair Bolsonaro ao Oriente Médio rendeu o encontro com quatro ditadores. As informações são do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles.

Sempre acompanhado de seus filhos, Eduardo e Flávio, e da primeira-dama Michelle Bolsonaro, o presidente começou a viagem por Dubai, onde encontrou o Sheik Mohammed Bin Rashid Al Maktoum, líder autoritário que chegou a encomendar o sequestro de suas duas filhas, após a ex-esposa ter pedido divórcio.

Já em Abu Dhabi, Bolsonaro encontrou o príncipe Mohamed bin Zayed, também ditador dos Emirados Árabes. Na oportunidade, Eduardo Bolsonaro apontou que o pai e o príncipe pareciam “velhos amigos”.

No Bahrein, Bolsonaro fez elogios ao monarca absolutista Hamad bin Isa Al Khalifa, cuja família controla o país há mais de 40 anos e exerce poderes ditatoriais.

Por fim, no Catar, o presidente encontrou o Sheik Tamim bin Hamad Al Thani, ditador dono do PSG que controla uma nação que restringe direitos de mulheres e homossexuais.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários