Pastor havia sido chamado de
Reprodução
Pastor havia sido chamado de "desinformado"

Após ser chamado de  "desinformado" pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, o pastor Silas Malafaia usou as redes sociais para rebater as críticas nesta terça-feira (12). O embate se dá mediante impasse sobre a nomeação do ex-advogado-geral da União André Mendonça ao STF (Supremo Tribunal Federal). Malafia acusa Ciro de atuar contra a indicação do "terrivelmente evangélico" Mendonça. 

“Já valeu o vídeo que fiz. O ministro Ciro Nogueira que vive nas sombras escondido, se manifestou sobre o meu vídeo, mesmo não sendo direto com os jornalistas, para dizer que apoia André Mendonça. Não desmentiu que se encontrou com Renan Calheiros. Bota a cara para fora”, publicou Malafaia.

Mais cedo, Ciro Nogueira disse que falta informação ao pastor sobre sua atuação no governo. “Sou um auxiliar do presidente da República e todas as suas determinações serão cumpridas sempre. Acho que falta informação para esse pastor sobre a nossa atuação”, disse à jornalistas no Piauí, onde passa o feriado.

Leia Também

Ontem, Malafaia publicou um vídeo no seu canal do YouTube acusando os ministros do "Centrão", Ciro Nogueira e Flávia Arruda, da Secretaria de Governo, de conluio contra a indicação de Mendonça ao STF. 

“Como pode, gente? A ‘Folha de São Paulo’ dizendo que Ciro Nogueira, ministro da Casa Civil, um dos mais importantes cargos políticos, vai jantar com Renan Calheiros, o cara que quer destruir Bolsonaro por interesses políticos”, afirmou o líder evangélico. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários