Moto G5 com capa do Hulk desvia tiro e salva homem durante assalto
Emerson Alecrim
Moto G5 com capa do Hulk desvia tiro e salva homem durante assalto

No dia 7 de outubro, o médico Pedro Carvalho viu um de seus tweets viralizar. Pudera: a mensagem é acompanha de fotos que mostram um Moto G5 destruído por um tiro. O dono havia acabado de ser assaltado e só não se feriu gravemente porque o celular deteve o projétil. A parte mais curiosa: a capa do aparelho tem a imagem do Hulk.

Ao G1 , o médico relatou que estava de plantão no Hospital Universitário da Universidade Federal do Vale do São Francisco, em Petrolina (PE), quando a sua equipe foi informada sobre uma ambulância do Samu que estava a caminho com um paciente baleado.

"A gente se preparou, normalmente, a gente presume que o baleado seja um paciente grave. A gente colocou a maca, calçamos as luvas, já estava tudo preparado para atender", contou Carvalho.

Porém, quando a ambulância chegou à emergência do hospital, a equipe de atendimento notou que a vítima estava consciente e conversando, apesar de muito assustada. Além disso, não havia nenhum sinal visível de sangue ou ferimento.

Em conversa com Carvalho, o homem relatou apenas sentir uma dor no quadril. Quando o médico o examinou, não encontrou nenhuma marca de tiro. Mas, ao retirar o celular do bolso do homem, Pedro Carvalho percebeu que o aparelho estava danificado: o projétil atingiu a tela do dispositivo, mas não o ultrapassou.

Leia Também

Ao virar o smartphone, mais uma surpresa, esta divertida: a capa que o homem usava em seu Moto G5 tem o desenho do Hulk. Coincidência ou não, o acessório não foi danificado.

Por fim, o médico relatou que o paciente ficou somente com um hematoma no local e foi liberado para ir embora minutos depois.

Sobre o caso, a Polícia Militar de Pernambuco emitiu a seguinte nota:

A Polícia Militar informa que na tarde de ontem (7), policiais militares do 5º Batalhão foram acionados para uma ocorrência de tentativa de assalto na zona rural de Petrolina. Ao chegar ao local os suspeitos já haviam se evadido. A vítima, que foi atingida de raspão na região do quadril, foi socorrida pelo Samu, para o Hospital de Traumas e passa bem. As Guarnições fizeram diligências no local, mas ninguém foi identificado.

Outros casos de celulares "heroicos"

Não é a primeira vez que um celular impede o dono de ser atingido por um disparo de arma de fogo. Um caso recente aconteceu em abril. Durante um assalto, um comerciante de Maceió (AL) colocou o seu iPhone à frente da arma do criminoso. No momento do disparo, a bala atingiu o aparelho e acabou desviada, situação que evitou que o homem fosse atingido.

Outro caso, ocorrido em março de 2020 na cidade de Itumbiara (GO), chamou a atenção porque a vítima estava com o celular no ouvido quando o tiro foi efetuado. Inicialmente, o homem pensou que o smartphone havia explodido, até que ele viu a bala alojada no dispositivo. Felizmente, a vítima só teve ferimentos leves.

Moto G5 com capa do Hulk desvia tiro e salva homem durante assalto

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários