André Mendonça e Augusto Aras
Montagem iG / Isac Nóbrega/PR / Jefferson Rudy/Agência Senado
André Mendonça e Augusto Aras

O Procurador-Geral da República (PGR) Augusto Aras tem dito que o presidente Jair Bolsonaro o garantiu como indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF), caso a opção número um, André Mendonça, fracasse, informa o colunista Guilherme Amado. 

Segundo Aras, Bolsonaro fez a garantia olhando nos seus olhos", mas que não atropelaria André Mendonça, vai esperar que ele seja sabatinado, não retirará a indicação. 

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado, presidida por Davi Alcolumbre, tem resistido votar a sabatina do candidato de Bolsonaro. 

O presidente da República está nitidamente incomodado com a vacância no STF. “Chegam recados: "A gente resolve CPI, a gente resolve tudo. Me dê a vaga pro Supremo’’, afirmou Bolsonaro na "Feira Brasileira do Nióbio". 

"Quem perde com isso? Esses desacertos, desencontros, essas críticas vazias, como temos um problema sério pela frente, que indiquei um excepcional jurista, que é evangélico também, para o Supremo, e tem corrente que não quer lá, quer impor", completou Bolsonaro. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários