CPI: Bolsonaro despachava com Zema no momento da prisão de Roberto Dias
undefined
CPI: Bolsonaro despachava com Zema no momento da prisão de Roberto Dias

Ao prestar depoimento na CPI da Covid no Senado nesta quarta-feira (7), o ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias acabou preso em flagrante por falso testemunho. Ao mesmo tempo, o presidente da República, Jair Bolsonaro , despachava com o governador de Minar Gerais, Romeu Zema

Segundo relatos da revista Veja, ambos acompanhavam a comissão no Senado, e quando o ex-diretor foi preso "Todos pararam. Luiz Eduardo Ramos [ministro-chefe da Casa Civil] chegou correndo. Outros ministros vieram atrás. Ninguém mais trabalhou."

Auxiliares do presidente Jair Bolsonaro consideraram uma arbitrariedade a prisão do ex-diretor de Logística. Eles entendem que a decisão do presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM) pode enfraquecer o G6, grupo protagonista de parlamentares independentes e de oposição ao governo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários