O Peru vai prorrogar até o dia 14 março a suspensão de voos vindos do Brasil, para evitar a entrada de passageiros infectados com a nova variante do coronavírus. A determinação foi publicada no Diário Oficial do país neste domingo (28). A medida, que terminava no dia 1º de março, foi adotada em 26 de janeiro. 

"Resolve-se prorrogar, de 1° a 14 de março, a suspensão dos voos de passageiros procedentes do Brasil", diz o decreto. A decisão também manteve a suspensão de voos com duração maior de oito horas, pelo mesmo período, que já estavam proibidos desde 21 de dezembro.

Peru pretende evitar a entrada de infectados com a nova variante do coronavírus
O Antagonista
Peru pretende evitar a entrada de infectados com a nova variante do coronavírus


Passageiros de outros países que chegam ao Peru precisam apresentar resultado negativo de um teste PCR de covid-19 e devem cumprir uma quarentena obrigatória de 14 dias. Em 4 de fevereiro, o Ministério da Saúde do Peru registrou a presença da nova variante brasileira do coronavírus em três regiões diferentes, entre elas, a capital Lima. O país compartilha 2.800 quilômetros de fronteira com o Brasil, na Amazônia

O Peru já contabiliza mais de 46 mil mortes pela doença, além de 1,3 milhão de casos. Com 33 milhões de habitantes, cerca de 15 mil infectados com a covid-19 estão hospitalizados. O país também sofre com o crescimento de 200% na demanda por oxigênio, sem aumento da oferta, de acordo com autoridades locais. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários