Mulher morre após receber transplante de pulmão infectado nos EUA
Artur Tumasjan / Unsplash
Mulher morre após receber transplante de pulmão infectado nos EUA

Uma mulher morreu em Michigan, nos Estados Unidos , após contrair o novo Coronavírus de uma maneira incomum: num transplante de pulmões. Antes da cirurgia o órgão havia testado negativo.

Acadêmicos do departamento médico da Universidade de Michigan apontaram que este é o primeiro caso de transmissão do vírus via transplante de órgãos. A doadora era uma mulher que havia sofrido uma morte cerebral após um acidente de trânsito .

Cerca de três dias após a cirurgia a paciente apresentou febre , sua pressão sanguínea caiu e respirava com dificuldades. O diagnóstico foi de infecção no pulmão . Sua condição piorou e a mulher teve um choque séptico. Com isso, os médicos decidiram realizar novos testes na via respiratória da mulher. E o resultado foi positivo para Covid-19 .

Em dúvida sobre causa da infecção , o cirurgião responsável pela retirada do transplante da doadora foi notificado a realizar novos testes. Antes da operação, negativos. Desta vez, positivos.

O Hospital Universitário de Ann Arbor, onde foi realizada troca de pulmões , havia armazenado uma amostra de líquido presente no pulmão transplantado. Em nova rodada de testes , positivos. A origem da causa das infecções havia sido descoberta: os pulmões estavam infectados.


De acordo com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos , foram realizados quase 40 mil transplantes no país em 2020. Nenhum deles possui registros de infecção pós-cirúrgicos. Por isso, Dr. Daniel Kaul, médico da Universidade de Míchigan, argumenta que este trata-se de um caso "isolado, mas trágico".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários