Prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD)
Amira Hissa/PBH
Prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD)

A taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva ( UTIs ) em Belo Horizonte  voltou ao patamar de mais alto risco nesta segunda-feira (8). De acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura da capital mineira, a ocupação em enfermarias - que havia caído do patamar amarelo para o verde - retomou o nível anterior, de alerta.

Belo Horizonte  havia saído do vermelho pela primeira vez desde 18 de dezembro. Entre o último informe, emitido na sexta-feira (5), e este, o percentual ocupação nas UTIs saltou de 68,4% para 73,7%, e, o de enfermarias, de 48,4% para 50,2%. 

Único indicador da pandemia que ainda está no nível verde, de menor risco, a transmissibilidade do coronavírus flutuou para cima, indo de RT 0,88, para RT 0,90. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários