João Doria
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Governador de São Paulo, João Doria, avalia televisitas de maneira positiva

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), voltou a falar sobre a questão das visitas de familiares aos presos no estado. Questionado pela repórter do iG, Eduarda Esteves, sobre a possibilidade retorno, Doria defendeu que a questão exige cuidado e que, no momento, "não há nenhuma forte demanda por parte dos familiares".

O governador disse ainda que "o governo recebeu elogios dos familires pela iniciativa de ampliar salas de acesso para televisitas" e que deve investir no serviço enquanto durar a pandemia. Apesar disso, grupos - especialmente femininos - pedem o retorno das visitas presenciais no estado em articulações nas redes sociais.

De acordo com o secretário de Saúde do estado de São Paulo, Gean Gorinchteyn, uma reunião com membros da Secretaria da Administração Penitenciária ocorrerá ainda hoje, às 15 horas "para continuar discutindo a melhor forma de viabilizar esse contato", e que o tema exige atenção por oferecer um perigo sanitário especialmente aos presos.

"Isso deve ser tratado de maneira muito segura em vários aspectos, considerando inclusive que nós começaríamos por 20% das visitas e isso pode trazer um descontentamento e impacto psicológico", argumentou o secretário.

    Veja Também

      Mostrar mais