aeroporto
Agência Brasil
Aeroportos passarão a usar reconhecimento facial na validação de passageiros

Um nova tecnologia sem a necessidade de checagem de documentos pretende revolucionar o embarque em aeroportos no Brasil. O projeto, que faz a checagem por identificação facial, estava em desenvolvimento há alguns anos e foi acelerado pela pandemia da Covid-19 . A novidade será testada em  setembro, no aeroporto de Florianópolis.

O programa é idealizado pelo Ministério da Infraestrutura, por meio da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC), em parceria com o Serpro, empresa federal de processamento de dados. De acordo com os órgãos envolvidos no desenvolvimento, o objetivo é de diminuir o contato dos passageiros com os documentos e, consequente as chances de infecções nos aeroportos. 

A expectativa é de que a tecnologia comece a ser usada em mais aeroportos até o início de 2022. Além do terminal em Florianópolis, também já há conversas com os aeroportos de Brasília (DF), Salvador (BA) e Galeão (RJ) para a adoção da tecnologia.

Na fase de testes, os técnicos devem utilizar apenas a foto da carteira de motorista do cidadão para a validação. Portanto, quem pretende partipipar da fase de testes deve ter carteira nacional de habilitação. 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários