Covid-19
Marcos Corrêa/PR
Presidente da República falou com apoiadores sobre a Covid-19

No dia em que o Brasil passou a marca de 1 milhão de casos de Covid-19 , o presidente Jair Bolsonaro voltou a minimizar os impactos da doença no país. Ele parou para falar com apoiadores no Palácio da Alvorada, quando uma mulher de Caruaru (PE) defendeu a volta das atividades econômicas.

Leia também:

Bolsonaro voltou a botar a culpa nos governadores. Em geral, os estados têm adotado medidas mais restritivas do que as defendidas por Bolsonaro.

"Se dependesse de mim, mas o Supremo disse que são os governadores que fazem essa política, não teria o pessoal parado de trabalhar. Quem tem idade 40 para baixo, não tem problema. Se pegar, a chance de ter problemas graves é ínfima", disse o presidente.

Em seguida outra apoiadora, que pertence a um grupo de risco, afirmou: "Eu sou cardíaca, convivi com duas pessoas com Covid sem a gente saber e não peguei". Bolsonaro então respondeu:"Quase 90% não sente quase nada. Nem sintoma de gripe tem". 

    Veja Também

      Mostrar mais