Mãe da criança não acreditava na recuperação; médicos dizem que bebê sobreviveu por milagre
Reprodução
Mãe da criança não acreditava na recuperação; médicos dizem que bebê sobreviveu por milagre

Um bebê prematuro se tornou o mais novo sobrevivente do novo coronavírus na Inglaterra. Emmanuel Boateng nasceu em Peckham, ao sul de Londres com apenas 27 semanas. Sua mãe, Evelyn, notou que ele não estava se alimentando direito, e acabou levando o recém-nascido para o hospital universitário King’s College.

Leia mais:

Boateng estava inicialmente sendo tratado para sépsis, uma condição infecciosa grave que prejudica órgãos vitais. Os médicos requisitaram um teste para o novo coronavírus (Sars-CoV-2), que deu positivo.

Ele foi encaminhado para a UTI, onde permaneceu por oito semanas. Segundo a mãe da criança, os médicos disseram que sua sobrevivência foi um milagre. “Quando ele foi diagnosticado com Covid-19 , achei que ele não iria sobreviver”, disse Evelyn à BBC. 

“Naquela época, os casos estavam crescendo. Não queria levá-lo ao hospital para que ele não contraísse o vírus”, afirma a mãe. Os médicos pediram que Evelyn retornasse para sua casa e ficasse de quarentena. Ela afirma que chegou a se despedir do filho.

Emmanuel se recuperou e teve alta da UTI. Hoje, aos quatro meses de idade, é o mais novo sobrevivente da Covid-19 na Inglaterra. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários