A morte do advogado Mauricio Kazuhiro Suzuki, de 26 anos, sem estar no grupo de risco e com histórico de exercícios físicos ligou um alerta. Não só por causa das carcaterísticas citadas anteriormente, mas pelo caminho que o jovem percorreu até ser internado na UTI com quadro de síndrome respiratória grave. 

jovem
Reprodução
Mauricio Kazuhiro Suzuki, de 26 anos, morreu de Covid-19

Depois de dois dias com febre, que não baixava com remédio, Mauricio procurou atendimento no Hospital Cruz Azul, na região central de São Paulo. Sem que nenhum exame fosse feito, o jovem foi diagnosticado com gripe e recebeu indicação de tomar remédios para aliviar os sintomas. As informações são da Folha de S. Paulo. 

Leia também: Cantor Plácido Domingo é internado por complicações do coronavírus

Os remédios prescritos pelo primeiro médico não surtiram efeito e no dia seguinte Mauricio foi em outro hospital, dessa vez o Santa Cruz. Dessa vez foi feito um exame de tomografia, que mostrou infecção forte, mas como o quadro não era grave, ele foi mandado de volta para casa com a indicação de voltar se os sintomas evoluissem. 

Quatro dias depois, o jovem voltou para o pronto-socorro do Santa Cruz. Dessa vez foi internado na UTI com quadro de síndrome respiratória grave. Ele morreu neste sábado (28). 

O caminho percorrido por Maurício ligou o sinal de alerta: os hospitais de São Paulo, cidade com mais casos de coronavírus no Brasil, estão preparados para enfrentar a epidemia? Nas redes sociais muitos amigos e familiares do jovem se despediram e disseram frases como: "Não é só uma gripezinha", "Uma médica disse para ele que era uma refriado comum", "O nosso amigos era atleta, não tinha doenças pré-existentes e não fazia parte do grupo de risco, não é só uma gripezinha" e "Não imaginávamos que a COVID-19 fosse realmente capaz de superar sua saúde". 

Tamy, prima de Maurício disse: "Continuem em casa cuidando da higiene e da saúde, seguindo os procedimentos que os especialistas aconselham. Por favor, sejam sensatos... Não queiram passar pelo que eu e minha família estamos passando". 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários