Bolsonarista afirma que seus direitos de ir e vir foram infringidos; confira o vídeo abaixo
Reprodução/Twitter
Bolsonarista afirma que seus direitos de ir e vir foram infringidos; confira o vídeo abaixo

O governador Helder Barbalho (MDB), do Pará ,  autorizou que as forças de segurança do estado impedissem a realização de carreatas e passeatas para evitar aglomerações. Alguns bolsonaristas insistiram em sair de casa para protestar contra o isolamento em Belém, e tiveram seus veículos apreendidos.

LEIA MAIS: Bolsonaro cogita decreto para profissionais retornarem ao trabalho

“Olha aqui onde a gente tá. O pessoal “deteu” a gente aqui, não podemos sair com o nosso veículo”, disse um dos manifestantes , com o rosto parcialmente coberto por uma máscara. “Agora eu acho que a gente está vivendo em uma ditadura militar. É o direito de ir e vir, né? Mas a polícia prendeu a gente aqui, com ordem do Helder Barbalho”.

Ao fundo, outra moça reclamou que seus direitos de livre-expressão estariam sendo infringidos. O Pará tem 18 casos de contaminações pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2) confirmados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários