Tamanho do texto

Temer afirmou que transição de governo deve começar já na segunda ou terça-feira; presidente votou acompanhado do ministro de Gilberto Kassab

Presidente Michel Temer vota na manhã de domingo, em Pinheiros, São Paulo
Reprodução Twitter
Presidente Michel Temer vota na manhã de domingo, em Pinheiros, São Paulo


O presidente Michel Temer (MDB) disse, na manhã deste domingo (28), que a transição de seu governo para o do próximo presidente escolhido já está organizada. A declaração foi dada logo após o emedebista votar, por volta das 08h10, no colégio Santa Cruz, localizado em Alto de Pinheiros, na zona oeste de São Paulo.

Segundo o presidente Michel Temer , que falou brevemente com os jornalistas após eleger seus candidatos, o início do processo de transição deve começar a ser feito já na segunda-feira (29) ou, no máximo, na terça-feira (30) e será feito tranquilamente. Ele também acrescentou que a mudança já está organizada em relação a todos os setores do governo, com “tudo o que foi feito e o que ainda falta fazer”.

Ele estava acompanhando do ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab (PSD).

Temer votou logo após o início do segundo turno das Eleições 2018 , que começou neste domingo, às 08h. Além da escolha do próximo presidente do País, os brasileiros de 13 estados e do Distrito Federal também votarão para escolher seus próximos governadores.

Todos brasileiros maiores de 16 anos terão até às 17h de hoje para ir até a sua sessão eleitoral e realizar o voto na urna eletrônica lá localizada. Aqueles que tiverem menos de 18 anos ou mais de 65 poderão escolher se vão ou não participar da eleição deste ano. Para os demais, o voto é obrigatório.

Presidente Michel Temer se pronuncia no Twitter

Presidente Michel Temer se pronuncia nas redes sociais:
Reprodução Twitter
Presidente Michel Temer se pronuncia nas redes sociais: "transição será muito sossegada"

Antes de votar, o presidente Michel Temer parabenizou os servidores que trabalham pelo País em seu Twitter. "Minha homenagem a todos servidores neste dia comemorativo. Recebam os meus sinceros agradecimentos pela dedicação e trabalho em favor do Brasil", escreveu. Depois de ir às urnas, escreveu que será um domingo de "votações tranquilas" e que  "a equipe do presidente eleito terá todos os dados do governo."