Tamanho do texto

Senador Lindbergh Farias (PT-RJ) dava entrevista quando manifestante interrompeu com xingamentos e acabou sendo agredido

Manifestante contra Lula é agredido em frente ao Instituto Lula após xingar senador Lindbergh Farias (PT-RJ).
Reprodução
Manifestante contra Lula é agredido em frente ao Instituto Lula após xingar senador Lindbergh Farias (PT-RJ).


Um homem foi agredido em frente ao Instituto Lula depois que o juiz Sérgio Moro decretou a prisão do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva na tarde desta quinta-feira (5).

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) dava entrevista em frente ao local, no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo, quando o homem ainda não identificado interrompeu a entrevista com xingamentos.

"Vem apanhar aqui seu filho da puta. Vai ser reeleito aqui, seu viado?", gritava o manifestante.

O senador, então, se voltou ao homem visivelmente irritado desafiando-o a falar na sua cara.  Ao mesmo tempo, outros defensores do ex-presidente começaram a agredir e chutar o manifestante que acabou batendo a cabeça num caminhão que passava pela rua.

Caído no chão, o manifestante foi carregado por seguranças ao Hospital São Camilo que fica em frente ao Instituto.

Os dirigentes do PT foram aconselhados pelo tesoureiro do partido Emídio de Souza a deixarem o local. Eles entraram em carros e partiram em direção ao Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo em São Bernardo do Campo, onde o ex-presidente deverá fazer uma pronunciamento ainda hoje.