Tamanho do texto

A perspectiva é que 391 blocos se apresentem em São Paulo antes, durante e depois do carnaval. Confira a programa para este final de semana

O carnaval de rua na cidade de São Paulo está atraindo nos últimos anos cada vez mais foliões. Este ano, 391 blocos vão às ruas, 28% a mais que em 2016. Neste fim de semana, 175 blocos desfilarão pelas ruas da cidade.

LEIA MAIS: Confira 7 blocos de carnaval voltados ao público infantil em São Paulo

Carnaval 2017: mais de 350 blocos vão alegrar os foliões de São Paulo
Divulgação/PMSP
Carnaval 2017: mais de 350 blocos vão alegrar os foliões de São Paulo




Veja uma parta de programação de carnaval deste final de semana por toda São Paulo:

Parque do Ibirapuera

Neste sábado (18) e domingo (19) o Parque do Ibirapuera terá os desfiles do Bicho Maluco Beleza e Monobloco. Os blocos Os Capoeira e Último Gole, estreantes em São Paulo, abrem os desfiles. O evento é gratuito, mas não será permitida a entrada com mochilas, coolers e vidro e ainda haverá revista para acesso à área do desfile.

Último Gole

No domingo (19), é a vez do estreante  bloco Último Gole que terá início às 9h30. Formado por amigos de infância que amam samba, o bloco tem repertório composto por muitos sambas de raiz, partido alto, alguns forrós e até mesmo raps.

Monobloco

Fundado há 17 anos por C.A. Ferrari, Celso Alvim, Pedro Luís, Mário Moura e Sidon Silva, o Monobloco volta ao carnaval de São Paulo com uma homenagem aos blocos de rua. O repertório vai incluir músicas e marchinhas de blocos tradicionais em seu caldeirão de estilos, misturando instrumentos como cavaco, repique, tamborim, chocalho, surdo e agogô com grooves de guitarra e baixo.

O desfile é uma espécie de formatura dos alunos das oficinas de percussão realizadas ao longo do ano. Serão 130 batuqueiros em ação e o tema de 2017 será “o carnaval de rua e seus blocos”. O desfile contará ainda com a participação da atriz e cantora Emanuelle Araújo como Rainha da Bateria e do cantor B Negão.

LEIA MAIS: Saiba como aproveitar o carnaval sem prejudicar o seu orçamento

Mais uma vez o Monobloco fará um desfile sustentável, com o uso de biocombustível nos caminhões de som e geradores, além do plano de preservação dos monumentos e do próprio Parque do Ibirapuera. O folião vai encontrar ainda placas bem-humoradas que estimulam a diversão com responsabilidade.

Praça das Artes

No mesmo dia, às 14h, quem se apresenta é a Orquestra Paulista de Carnaval, com o resgate do clima dos carnavais dos anos 1930 e 1970 e os bailes de máscaras com as tradicionais marchinhas como Mamãe eu Quero, Cabeleira do Zezé e muitas outras.

A partir das 16h, a POIN - Pequena Orquestra Interativa - traz O Pé no Frevo, um bloco com brincadeiras, frevos, baianas e marchas alagoanas. A Praça das Artes fica na Avenida São João, 281, no centro da capital, próxima às estações Anhangabaú e República do Metrô.

Palco Anhangabaú e Palco Largo da Batata

A prefeitura de São Paulo montará palcos no Anhangabaú, no Centro, e no Largo da Batata, na Zona Oeste, para facilitar a dispersão dos blocos carnavalescos. Nestes palcos os shows já começam no sábado (18) no Palco Anhangabaú com o Tributo ao “Seu Carlão”, morto em 28 de janeiro, com a Banda Redonda e participação especial de Germano Mathias.

Já no domingo (19) o carnaval será por conta do Troça Elétrica – Nação Zumbi convida Siba e a Orquestra de Frevo Henrique Dias. Já no Palco Largo da Batata, a folia de sábado (18) é com Baile do Bixiga 70 com Fred 04 e convidados. No domingo (19), o Baile do Bixiga 70 volta com Liniker e convidados. A folia está marcada para ocorrer das 19h às 23h.

LEIA MAIS: Comércio estima crescimento de até 12% nas vendas para o carnaval deste ano

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.