Veja fotos do dia da morte de Muamar Kadafi

População comemora e líderes reagem ao anúncio da morte do líder deposto do país que esteve no poder por mais de 40 anos

iG São Paulo |

O premiê do governo interino da Líbia, Mahmoud Jibril, anunciou nesta quinta-feira que Muamar Kadafi foi morto em Sirte , sua cidade natal. Kadafi esteve no poder do país árabe por 42 anos até ser deposto por sua própria população em um levante que se tornou uma sangrenta guerra civil. Jibril leu um relatório forense que afirma que o líder deposto teria morrido com um tiro na cabeça, após um tiroteio entre partidários do Conselho Nacional de Transição (CNT) e as tropas pró-Kadafi.

A população líbia ao redor do mundo e líderes ocidentais celebraram o que o chanceler francês Alain Juppé chamou de "o fim de 42 anos de tirania". O presidente americano Barack Obama , em pronunciamento realizado na Casa Branca, afirmou que a morte de Kadafi põe fim a um doloroso capítulo na Líbia e que agora esse povo tem a grande responsabilidade de construir um país tolerante e democrático. A presidenta brasileira, Dilma Rousseff , mais cautelosa, disse que o mundo deve apoiar e incentivar o novo governo da Líbia, mas que a morte de qualquer líder não pode ser comemorada.

    Leia tudo sobre: líbiamorte de kadafikadafimundo árabeobamadilma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG