Supremo libera posse de Jader Barbalho no Senado

Corte concluiu nesta quarta-feira julgamento sobre peemedebista, que havia sido barrado pela Lei Ficha Limpa

AE |

selo

AE
Julgamento sobre Jader Barbalho foi concluído hoje
O Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu hoje o julgamento que garante a posse de Jader Barbalho (PMDB-PA) no Senado. O julgamento tinha começado em novembro, mas na ocasião a votação terminou empatada (cinco votos favoráveis e cinco contrários) e foi suspensa na espera da chegada do 11º integrante da corte, o que permitiria o desempate.

Leia também:
STF mantém Jader Barbalho inelegível

A reação:  Supremo cede a PMDB ao dar posse a Jader Barbalho, diz senadora

Essa vaga será ocupada pela ministra Rosa Weber, que teve a indicação aprovada esta semana no Senado. Ela, no entanto, deverá tomar posse somente em fevereiro.

Hoje, entretanto, o presidente do STF, ministro Cezar Peluso, anunciou que a defesa de Jader Barbalho havia protocolado uma petição requerendo que o julgamento fosse concluído antes de o tribunal se manifestar sobre um pedido semelhante de Paulo Rocha (PT-PA), que também disputou uma vaga ao Senado e, assim como Jader, foi excluído da disputa por causa da Lei da Ficha Limpa. Para desempatar o julgamento, o presidente do STF deu hoje voto de qualidade, ou seja, votou duas vezes, as duas favoráveis a Jader, desempatando a votação do caso.

    Leia tudo sobre: Jader BarbalhoFicha Limpa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG