Tamanho do texto

Presidente do PT criticou proibição a ex-presidente de dar entrevistas, participar de sabatinas e de ir à convenção do partido, como pré-candidato

Gleisi Hoffmann criticou a decisão sobre Lula porque 'até Marcinho VP, traficante, deu entrevistas'; entenda
Reprodução/Twitter
Gleisi Hoffmann criticou a decisão sobre Lula porque 'até Marcinho VP, traficante, deu entrevistas'; entenda

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann, criticou, nesta quarta-feira (11), a decisão da juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara Federal de Curitiba – que proibiu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dar entrevistas , participar de sabatinas e ir à convenção do seu partido, por estar preso. Em sua crítica, Gleisi citou o traficante Marcinho VP. 

Gleisi Hoffmann disse que lamentava a decisão porque "até Marcinho VP , traficante, deu entrevistas". "Um criminoso deu entrevistas, o presidente Lula que é a maior liderança popular desse país e está com seus direitos políticos preservados não pode dar entrevistas?", disse a senadora.

A declaração da presidente do PT foi dada na sede do partido em Pernambuco. Segundo ela, "o que se faz com Lula é uma injustiça atrás da outra, mas o povo não vai abandonar ele". Ainda em sua declaração, a senadora acusou o judiciário de transformar o Brasil em uma "republiqueta de bananas".

"Essa perseguição política está ficando feio para o Brasil no mundo. As pessoas olham e dizem: republiqueta de bananas que não tem uma democracia forte, que não respeita suas instituições", afirmou.

Também em seu pronunciamento, Gleisi criticou a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, por acusar o desembargador do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) Rogério Favreto de prevaricação, ao conceder habeas corpus ao ex-presidente petista enquanto estava de plantão, no último domingo (8).

Leia também: PGR pede investigação contra desembargador do TRF-4 que tentou soltar Lula

"[Sérgio] Moro não prevaricou impedindo o cumprimento da sentença pela Polícia Federal? Não observando o devido processo legal? Em que país estamos vivendo?", questionou.

Repercussão da comparação de Lula com Marcinho VP

A declaração de Gleisi Hoffmann foi encarada, por alguns veículos da imprensa e por internautas contrários ao ex-presidente Lula, como uma comparação infeliz. Isso porque, numa leitura simplista, Gleisi teria – em uma tentativa atrapalhada de defender o petista – comparado Lula a um traficante. 

Leia também: Presidente do STJ nega mais 143 pedidos de liberdade ao ex-presidente Lula

"Quando, para convencer alguém, você compara seu candidato a um dos maiores bandidos do país...", disse um internauta. "Desta vez, sou obrigado a concordar com a 'nobre' senadora Gleisi Hoffman: porque o Lula não pode dar entrevista se até mesmo Marcinho VP pôde?Afinal, TODOS os BANDIDOS tem que ter o mesmo direito. Não é mesmo?", escreveu um segundo.

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.