Estado de saúde de Genoino é avaliado por junta médica em Brasília

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Exames foram determinados pelo presidente do STF, Joaquim Barbosa para avaliar saúde de petista

Uma junta de cinco médicos do Hospital Universitário de Brasília (HUB) realizou na tarde deste sábado (23) uma perícia médica para avaliar o estado de saúde do deputado licenciado José Genoino (PT-SP). Os exames foram uma determinação do presidente do STF, Joaquim Barbosa, que concedeu prisão domiciliar provisória para que o petista seja tratado de sua condição cardíaca. 

Conheça a nova home do Último Segundo

Leia tudo sobre o julgamento do mensalão

Supostas imagens de Genoino passando por exames médicos vazam na internet. Foto: Reprodução Diário do PoderGenoino passou mal por volta das 13h30 no presídio da Papuda, em Brasília, e foi encaminhado ao Incor (Instituto do Coração) . Foto: Reprodução Diário do PoderApós exames, ele foi diagnosticado com princípio de infarto, segundo o coordenador jurídico do PT. Foto: Reprodução Diário do PoderO petista, que se recupera de uma cirurgia cardíaca, teria passado mal duas vezes desde sua prisão. Foto: Reprodução Diário do Poder

A junta médica chegou por volta das 11h deste sábado, de acordo com o IC-DF. Concluídos os exames, os médicos se reuniram às 14h para discutir o estado de saúde de Genoino. Eles saíram por volta das 16h30, sem falar com a imprensa.

Um parecer sobre o estado de saúde dele, incluindo os resultados dos exames, será enviado à Justiça. Com base nestes documentos, Barbosa vai decidir se Genoino cumprirá sua pena em prisão domiciliar ou se voltará para a penitenciária da Papuda.

Genoino está internado no Instituto de Cardiologia do Distrito Federal (IC-DF), no Hospital das Forças Armadas (HFA), onde deu entrada após passar mal na Penitenciária da Papuda na quinta-feira (21).

Leia mais:

Médicos descartam infarto de Genoino

Fotos de Genoino em suposta avaliação médica vazam na internet

Barbosa autoriza prisão domiciliar ou hospitalar de Genoino até perícia médica

A junta médica que examina Genoino é composta pelos médicos Luiz Fernando Junqueira Júnior (professor de cardiologia da Universidade de Brasília e presidente da junta); Cantídio Lima Vieira (cardiologista e especialista em perícia médica); Fernando Antibas Atik (especialista em cirurgia cardiovascular ); Alexandre Visconti Brick (professor de cirurgia cardiovascular) e Hilda Maria Benevides da Silva de Arruda (médica cardiologista do HUB).

Problemas cardíacos

Genoino tem histórico de problemas cardíacos e em julho passou por cirurgia de dissecação na aorta. Em agosto deste ano, por causa de um acidente vascular cerebral, pediu aposentadoria por invalidez na Câmara dos Deputados. Na última quinta-feira (21), Genoino passou mal na cadeia e teve autorização para ser removido para o ICDF, onde deu entrada na emergência às 14h com quadro de pressão alta.

José Genoino era presidente do PT quando estourou o chamado escândalo do mensalão, em que membros do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foram acusados de comprar apoio político no Congresso Nacional para aprovação de matérias de interesse do Palácio do Planalto.

O então ministro da Casa Civil de Lula, José Dirceu, foi apontado como principal articulador do esquema, que tinha o publicitário Marcos Valério como operador financeiro e pessoas ligadas aos bancos BMG e Rural como intermediários. Todos, inclusive o delator do mensalão, o ex-deputado Roberto Jefferson, foram condenados pelo STF. Vinte e cinco réus foram condenadas no processo: 11 já estão presos e um está foragido.

Leia tudo sobre: julgamento do mensalãomensalãoGenoino

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas