Após arrancada final, Fortunati é reeleito em Porto Alegre

Atual prefeito da capital do Rio Grande do Sul saiu atrás nas pesquisas e disparou para ser reeleito com mais de 65% dos votos válidos

iG São Paulo | - Atualizada às

Com 65,22% dos votos válidos, o atual prefeito de Porto Alegre, José Fortunati (PDT), foi reeleito neste domingo. Puxado pela boa avaliação de sua gestão, considerada ótima ou boa por mais de 43% da população da cidade, segundo o Datafolha, o candidato do PDT cresceu na reta final da campanha e se distanciou de  Manuela D'Avila (PCdoB), que teve 17,76% dos votos válidos.

Veja o especial do iG sobre as eleições 2012
Confira a apuração para prefeito e vereadores de Porto Alegre 

Divulgação
O prefeito reeleito de Porto Alegre, José Fortunati (PSD)

A liderança isolada do candidato do PDT forçou as campanhas do PC do B e do PT - que ficou na terceira colocação com Adão Villaverde (9,64%) - a incluírem o pedido pelo segundo turno no discurso da última semana de campanha. Não deu resultado.

Pouco antes das 18h deste domingo, o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), ligou para o prefeito reeleito para parabenizar pela vitória nas eleições municipais. Manuela D'Ávila também parabenizou Fortunati. "Mais do que parabéns, desejo quatro anos de muito êxito para Fortunati. O povo o escolheu para cuidar da cidade. Conte comigo", escreveu ela no Twitter

Os três principais candidatos na disputa eram de partidos da base aliada do governo Dilma Rousseff , fato que fez a presidente não se envolver na disputa e passar rapidamente pela capital gaúcha neste final de semana para votar.

Pela manhã, ao votar, Fortunati, preferiu ser cauteloso ao falar da expectativa do resultado. "As pesquisas indicam que não terá segundo turno, mas quem decide é o eleitor na urna", disse o pedetista a jornalistas.

Apesar de concorrer à reeleição, é a primeira vez que Fortunati vence o pleito em Porto Alegre. Em 2008, ele foi eleito vice-prefeito de José Fogaça (PMDB), que deixou o cargo para concorrer ao governo de Estado.

Leia também: Após disparada, Fortunati pode ser reeleito em primeiro turno de Porto Alegre

Nos anos 1990, ainda no PT, Fortunati já havia sido vice-prefeito da capital. Acabou deixando o partido na esteira de uma disputa para concorrer à prefeitura naquela época.

Manuela, que teve queda acentuada nas últimas semanas nas pesquisas de intenção de voto, não conseguiu levar a disputa para o segundo turno, em parte pelo mau desempenho dos demais candidatos. O índice de 10% indicado pela pesquisa boca de urna Ibope para Villaverde é um dos piores resultados do PT na cidade desde o fim dos anos 1980, quando o partido conquistou a prefeitura e ficou 16 anos no poder.

* Com Reuters

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG