Avaliação positiva do governo Dilma sobe de 59% para 62%, aponta Ibope

Aprovação pessoal da presidenta permaneceu estável em 77%, segundo levantamento encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI)

iG São Paulo |

A avaliação positiva do governo da presidenta Dilma Rousseff subiu para 62% em setembro, ante 59% em junho, enquanto sua aprovação pessoal permaneceu estável em 77%, mostrou pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quarta-feira.

Leia também:  Governo Dilma tem avaliação positiva de 59%, diz pesquisa CNI/Ibope

Saiba mais:  Popularidade de Dilma bate recorde e sobe para 77%, diz Ibope

AP
Aprovação pessoal da presidenta se manteve estável em 77%, segundo pesquisa CNI/Ibope

De acordo com o levantamento, 29% dos entrevistados veem o governo como regular, contra 32% na sondagem anterior, e 7% o classificam como péssimo ou ruim, contra 8% que pensava assim em junho.

Esta foi a primeira pesquisa de aprovação do governo da presidenta realizada após o julgamento do mensalão e a CPI do Cachoeira, que foram lembrados por 16% dos entrevistados em respostas espontâneas. Segundo a avaliação da CNI, os episódios não afetaram a aprovação da presidenta por não estarem ligados diretamente ao governo Dilma, mas a mandatos anteriores.

Segundo o levantamento, o porcentual dos que confiam na presidenta passou de 72% para 73%, mas se manteve na margem de erro. As áreas com maior aprovação por parte dos entrevistados são as de combate à fome (65%), ao desemprego (57%) e a preservação do meio ambiente (54%). A CNI atribui a avaliação positiva a inicitivas populares do governo na economia, como a redução do IPI em veículos, redução das tarifas de energia elétrica e a queda dos juros.

A pesquisa levantou também a avaliação dos entrevistados do governo Dilma em relação ao mandato anterior, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  - 57% dos entrevistados pelo Ibope consideram o governo Dilma igual ao governo Lula, 22% acham pior e 18%, melhor.

O setor com maior reprovação continua a ser o da saúde (65%), seguido de impostos (57%) e segurança pública (57%).

O Ibope ouviu 2.002 pessoas em 143 municípios entre os dias 17 e 21 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais.

*Com Reuters

    Leia tudo sobre: dilma rousseffavaliaçãogoverno dilmaibopecnipesquisa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG