Campanha de Haddad retira do site vídeo que compara Serra a Hitler

Segundo assessoria, vídeo foi reproduzido no portal 'sem conhecimento da coordenação'; autor do vídeo critica Haddad: 'usaram minha música para atacar o candidato'

iG São Paulo | - Atualizada às

O site da campanha de Fernando Haddad (PT) à Prefeitura de São Paulo prestou nesta quinta-feira um esclarecimento sobre um vídeo reproduzido anteriormente na página, com críticas ao tucano José Serra . O vídeo, intitulado E Agora José? , foi divulgado com destaque na capa do portal do petista. 

Haddad reconheceu nesta quinta-feira que o vídeo comparando o candidato tucano José Serra ao ditador alemão Adolf Hitler, publicado em seu site de campanha na véspera, é inadequado. Também disse que o integrante de sua equipe agiu de forma "indevida" e foi punido com a demissão.

Leia também:  Na disputa pelo 'novo', Serra e Haddad são os primeiros a lançar sites

Tucanos dizem que proposta de Haddad de bilhete único mensal é 'retrocesso'

Nas imagens, Serra é comparado a Hitler e a música, cantada pelo rapper MC Mamuti 011, cobra o candidato do PSDB à prefeitura por não ter cumprido os mandatos de prefeito e governador até o final anteriormente e por não ter dado espaço para o cenário do rap e do hip hop.

"Cê foi prefeito e nunca deu atenção pra nós largou na mão do (Gilberto) Kassab, rap continuou 'na voz'", diz o rapper, antes de fazer um gesto obceno ao candidato.

A assessoria de imprensa da campanha de Haddad afirmou que o vídeo foi reproduzido "sem conhecimento da coordenação" e "contraria a linha geral da campanha". "Lamentamos o ocorrido e já tomamos as devidas providências."

Assista ao vídeo

Além do esclarecimento publicado na capa do portal, a assessoria informou que deve enviar uma nota oficial lamentando o episódio.

Ao iG , o rapper Mamuti 011 afirmou que não tem nenhuma ligação com o PT e criticou a reprodução do seu vídeo no site do Haddad. "Eu achei que essa atitude foi muito parecida com a do Serra. Eles usaram minha música, que é o rap, e o meu pessoal para atacar o candidato como se fosse iniciativa deles", afirmou.

Mamuti 011 disse que a ideia do vídeo surgiu na segunda-feira da semana passada, quando o candidato tucano publicou uma nota em seu site intitulada Com Serra, rap ganha espaço no Centro Cultural da Juventude . "Falar que o rap tem espaço com ele é meio que chamar essa galera para votar nele e isso me revoltou, porque ele não fez nada pela gente."

O rapper disse que não esperava a repercussão que o vídeo provocou. "Eu fiz, porque queria que eles (a campanha de Serra) vissem e se posicionassem."

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG