Dilma faz homenagem a Lula em meio à polêmica de encontro com Mendes

'Tenho certeza que faço essa homenagem pelo desempenho de Lula em se comprometer com o desenvolvimento', afirmou a presidenta

AE |

selo

A presidenta Dilma Rousseff prestou nesta quarta-feira uma homenagem a Luiz Inácio Lula da Silva , com a participação de toda plateia presente a uma solenidade no Palácio do Planalto, que, ao ouvir a referência ao nome do ex-presidente, ficou de pé para aplaudir e entoou o antigo slogan: "Olé, olé, olá, Lula, Lula".

Leia também: Dilma nega risco de crise institucional na briga entre Lula e Mendes

Entenda o caso: Lula teria procurado ministro do STF para adiar mensalão, diz revista

Resposta: Lula confirma encontro com Mendes, mas nega interferência no STF

Agência Brasil
Dilma presta homenagem a Lula em cerimônia de entrega de prêmio em Brasília

Durante cerimônia de entrega do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), Dilma disse que "pessoas certas, nos lugares certos, na hora certa mudam os processos",e aproveitou o momento para homenagear Lula pelas iniciativas pela redução da pobreza, desigualdades e pelo desenvolvimento do País.

"Tenho certeza que faço essa homenagem pelo desempenho de Lula em se comprometer no Brasil com a questão do desenvolvimento e da oportunidade para os mais pobres do País e seu comprometimento internacional com a luta pela erradicação da pobreza nas regiões pobres do nosso planeta, que ele conhecia bem, porque são parecidas com as do Brasil", disse Dilma bastante emocionada.

A homenagem ocorre em meio à polêmica de que o ex-presidente estaria tentando adiar o julgamento do mensalão, a presidente Dilma Rousseff fez hoje uma homenagem a Lula, em evento no Palácio do Planalto. Lula é convidado de Dilma para almoço no Palácio da Alvorada.

Saiba mais: Gurgel encaminha representação contra Lula para a primeira instância

O Prêmio ODM agraciou 20 organizações sociais e prefeituras que apresentaram as melhores práticas para o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio. Dilma, em seu discurso, destacou que a iniciativa da premiação representa muito, porque ela "reafirma a causa da justiça social que combate a exclusão na construção de um país sem pobreza".

Segundo a presidenta, o Brasil caminha firmemente para o cumprimento das metas e objetivos do milênio. Ela disse que o País percebeu que o desenvolvimento e crescimento econômico que não respeitam o meio ambiente comprometem o presente e o futuro do País.

"A soma de incluir, crescer e preservar resulta em crescimento qualitativamente melhor e quantitativamente maior", disse, lembrando que, ao longo da história, para muitos, o país podia ser rico e a população permanecer pobre. "Estamos mostrando na prática que isso é uma mentira", destacou.

    Leia tudo sobre: dilma roussefflulagilmar mendescrisemensalão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG