Quem é o cara-pintada que enfrentou a cavalaria a chutes?

Em 1992, um estudante anônimo protagonizou a fotografia vencedora do Prêmio Esso daquele ano. Você o conhece? Conte para o iG

Nara Alves, iG São Paulo |

Sérgio Amaral/AE
Rapaz chuta o cavalo da polícia durante manifestação em 1992
No dia 29 de setembro de 1992, o fotógrafo Sérgio Amaral, da Agência Estado, flagrou um rapaz cara-pintada que enfrentava a chutes a Cavalaria da Polícia Militar. A cena ocorreu durante uma manifestação de estudantes pelo impeachment do presidente Fernando Collor de Mello, hoje senador por Alagoas.

Conhece o rapaz da fotografia? Envie informações ao iG para o politica@ig.com

Tirada na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, a imagem venceu o Prêmio Esso de 1992 na categoria Fotografia. O documento, que entrou para a história da política nacional, foi intitulado "Novos Rebeldes", em referência aos que lutaram contra a ditadura do regime militar das décadas de 60 no Brasil.

Linha do tempo: Veja os fatos mais marcantes da queda do ex-presidente

Um dia depois da fotografia, no dia 30 de setembro de 1992, a Câmara dos Deputados aprovou o afastamento do presidente e sua substituição por 180 dias pelo vice, Itamar Franco.

"O menino nunca mais apareceu", disse o fotógrafo Sérgio Amaral ao iG . Vinte anos depois do impeachment de Collor, o jovem anônimo hoje deve ter cerca de 40 anos, idade aproximada de outros caras-pintadas localizados pela reportagem, como a dona de pizzaria Cecilia Lotufo e o vice-cônsul Danilo Zimbres.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG