MP-GO abre investigação contra Marconi Perilo

Procedimento investigatório prévio foi instaurado no dia 10 de maio pelo procurador-geral Pedro Tavares Filho

iG Brasília |

AE
O governador de Goiás, Marconi Perillo
O Ministério Público de Goiás (MP-GO) instaurou procedimento para investigar o governador do Estado, Marconi Perillo (PSDB), pelo seu suposto envolvimento com o grupo do bicheiro Carlinhos Cachoeira. A portaria nº 01/2012 da Procuradoria Geral de Justiça de Goiás foi assinada em 10 de maio deste ano pelo procurador-geral Pedro Tavares Filho e publicada nesta quinta-feira (17) no Diário Oficial do Estado.

No procedimento preparatório, o MP-GO pede para a Procuradoria-Geral da República (PGR) cópia das provas obtidas contra Perillo durante as operações “Vegas” e “Monte Carlo” e determina o sigilo das investigações. O Ministério Público goiano quer apurar suspeitas de “indevida intervenção na administração pública estadual, o que pode ter culminado em contratos superfaturados, especialmente com a empresa Delta Engenharia, nomeações irregulares de servidores públicos e negociação envolvendo a aquisição e venda de um imóvel residencial”.

Entrevista :  "Não há envolvimento de Goiás com contravenção", afirma Perillo

Suspeita: PSDB de Goiás recebeu R$ 800 mil de sócio de Cachoeira em 2010

A investigação contra Perillo foi instituída após representação encaminhada por e-mail e por diversas notícias que apontavam o suposto envolvimento do governador com Cachoeira. O tucano, até agora, nega qualquer ligação com o bicheiro.

    Leia tudo sobre: carlinhos cachoeirastfMarconi Perillo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG