Tamanho do texto

Números de ações da PMA chegaram a quase cem mil no ano passado. Neste final de semana, Policiais realizaram a primeira operação de grande porte

São 68 anos de história da Polícia Militar Ambiental. A tropa, que também já foi conhecida como " Polícia Florestal ", com o passar dos anos vem se especializando e modernizando para encarar qualquer tipo de criminoso que atente contra o nosso meio ambiente.

Leia também: Polícia Militar Ambiental atua para proteger o espaço aéreo da ameaça de balões

Polícia Militar Ambiental realizou Operação Coronel Odilon para comemorar o novo fardamento
Divulgação/Polícia Militar Ambiental
Polícia Militar Ambiental realizou Operação Coronel Odilon para comemorar o novo fardamento

Em 2017, foram quase 100 mil ocorrências da Polícia Militar Ambiental . Ao todo, 837 armas de caça e 29.840 animais silvestres apreendidos, R$ 145 milhões em multas, 26 fábricas de balões fechadas, 194 balões apreendidos e material suficiente para a produção de outros 600. Média de 319 ocorrências atendidas por dia em todo o Estado de São Paulo.

Pensando em obter resultados tão bons quanto os do ano passado, a PMA começou 2018 com um novo fardamento. A nova vestimenta se adequa aos diferentes ambientes encontrados pelo policiamento, onde é necessário o elemento surpresa para flagrar os eventuais infratores que adentram às matas e Unidades de Conservação para práticas de crimes contra o meio ambiente, como a caça, a extração de palmito e desmatamentos irregulares.

A mistura de tons esverdeados proporciona uma camuflagem entre a farda e a vegetação, gerando maior segurança ao policial nos ambientes em que trabalha, bem como maior eficácia, visando a evitar a consumação de infrações e crimes contra o meio ambiente.

Leia também: Polícia Militar Ambiental prende quadrilha armada que adulterava anilhas em SP

Para celebrar o novo fardamento, a Polícia Militar Ambiental realizou nos dias 02 e 04 de fevereiro a Operação “Coronel Odilon”, nome de seu Primeiro Comandante. Durante a ação, 90 PMs em 40 viaturas realizaram abordagens contra a pesca ilegal, inspeções em madereiras, comércio ilegal de animais silvestres e fiscalização de descarte ilegal de resíduos. 

Antigo desejo da PMA, a nova farda veio através do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e o Comando de Policiamento Ambiental que executaram a aquisição do fardamento, em uma licitação pública, inicialmente cotada em R$ 6,6 milhões, porém durante o pregão o valor caiu para R$ 3,7 milhões, com a garantia da qualidade das peças do Fardamento, gerando uma economia de R$ 2,9 milhão de recursos públicos, entre o valor médio da cotação de preços de mercado e o valor licitado.

190 da natureza

Coronel PM Alberto Malfi Sardilli, Comandante da Polícia Militar Ambiental com o novo uniforme do seu Batalhão e o  Coronel PM Nivaldo César Restivo, Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo
Policia Militar Ambiental / DIVULGAÇÃO
Coronel PM Alberto Malfi Sardilli, Comandante da Polícia Militar Ambiental com o novo uniforme do seu Batalhão e o Coronel PM Nivaldo César Restivo, Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo

A Polícia Militar Ambiental é um comando especializado que trabalha com uma legislação específica com mais de oito mil normas a respeito da proteção ambiental. A corporação é formada por 2.190 PMs, quase 500 viaturas, um helicóptero e 300 embarcações (três para atuar no mar).

Leia também: Polícia Militar Ambiental: o "190" da Natureza

Homem forte da coorporação e um do principais responsáveis pelos resultados, o Coronel da Polícia Militar Ambiental Alberto Sardilli diz :"Nós cuidamos das áreas rurais mais remotas do Estado e temos estreitado a relação com o produtor para que ele fique protegido de roubos que acabam afetando comercialmente as pessoas. Temos o projeto de fazer demarcações das propriedades através de GPS e criar uma maior ligação com esse produtor.".

Saiba como acionar a Polícia Militar Ambiental. Os canais para acionamento são:

1- Pelo celular, através do aplicativo Denúncia Ambiente, disponível para Android  http://bit.ly/DenuncieAmbienteAndroid e IOS   http://bit.ly/DenuncieAmbienteIOS

2- Pelo site:   http://denuncia.sigam.sp.gov.br/

3- Por e-mail:   ambientaldenuncias@policiamilitar.sp.gov.br

4- Por telefone: consulte o número da unidade mais próxima:   http://bit.ly/LocalizeAmbiental

Tartaruga foi solta pela Polícia Militar Ambiental no final de 2017
Divulgação/Polícia Militar Ambiental
Tartaruga foi solta pela Polícia Militar Ambiental no final de 2017