Saiba mais sobre o Estreito de Ormuz

Infográfico detalha passagem vital para o comércio do petróleo que tem sido objeto de tensões entre Irã e países do ocidente

iG São Paulo |

O Estreito de Ormuz, localizado entre o Golfo de Omã e o Golfo Pérsico, é uma importante via para o petróleo transportado no mundo. Calcula-se que cerca de 17 milhões de barris de petróleo, um total de 2,7 bilhões de litros, passam por dia pelo estreito - ou seja, 20% de todo o petróleo mundial.

Leia também:
- Porta-aviões dos EUA atravessa Estreito de Ormuz em meio a tensões com Irã
- Irã ameaça fechar Estreito de Ormuz se sofrer novas sanções
- EUA reagem à ameaça do Irã de bloquear Estreito de Ormuz
- Irã reforça ameaça de fechar Estreito de Ormuz após novas sanções

Recentemente, o Irã - que junto a Omã detém o controle da passagem - ameaçou fechar o Estreito de Ormuz em retaliação às sanções nucleares ocidentais , disparando o preço do petróleo no mercado. No mesmo momento, os EUA reagiram, afirmando que qualquer interrupção na passagem 'não seria tolerada' .

Com extensão estimada em 202,1 km, o Estreito de Ormuz é importante principalmente para os mercados asiáticos, uma vez que 85% do petróleo exportado por essa via vai para a Chna, Japão e Coreia do Sul.

Especialistas avaliam que é improvável que o Irã tenha capacidade de realizar um bloqueio físico no Estreito, porque seus pequenos navios não conseguiriam permanecer em formação linear por muitos dias em águas abertas. Entretanto, o país persa pode, se quiser, impedir a entrada de embarcações no estreito por meio de ataques a navios petroleiros e de guerras ocidentais com mísseis, minas e ataques suicidas.

    Leia tudo sobre: estreito de ormuzinfográficoirãeuaásiagolfo pérsico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG